I have a bad feeling about this: contrataram professor de interpretação pro filme do Han Solo

han-solo

A mídia finge, ou realmente não entende como uma moderna produção cinematográfica funciona, então adoram publicar alertas apocalípticos quando filmes passam por refilmagens complementares, mesmo que isso seja tão comum que todo mundo já se agenda. Refilmagens não significam que o filme ficou ou ficará ruim, Rogue One está aí pra demonstrar.

O horror da internet com a Disney também já deu o que tinha que dar: o Darth Vader não vai ser o Pateta, na mão da Disney Darth Vader se tornou o maior badass hardcore da galáxia, Star Wars: Rogue One [Ending scene]" href="https://www.youtube.com/watch?v=wxL8bVJhXCM">naquele final ABSOLUTAMENTE ÉPICO.

Por isso não noticiamos (ou pelo menos eu não) a saída dos diretores Phil Lord e Chris Miller, demitidos perto de finalizar o filme. A explicação fez bastante sentido: eles são excelentes, o filme do LEGO é ótimo, mas eles fazem comédias descaradas, e Star Wars não é comédia.

Segundo relatos eles estavam abrindo espaço para improviso dos atores, enfiando piadas e fugindo completamente do roteiro de Lawrence Kasdan, e a Disney não está pronta para diversificar Star Wars em uma comédia. No lugar deles entrou Ron Howard, que com Cocoon, Willow, A Beautiful Mind, Apollo 13 e outros no currículo, sabe fazer cinema.

O problema é que não parou aí. O editor, uma figura importantíssima no processo de confecção de um filme, foi demitido também.

A história da demissão dos diretores segundo fontes é que Lawrence Kasdan foi chamado para acompanhar os diretores, que não gostaram e foram reclamar com a chefona, Kathleen Kennedy. Ela colocou na balança: de um lado dois sujeitos que fizeram um filme com brinquedos. Do outro o roteirista do filme, que por acaso roteirizou um tal de O Império Contra-Ataca.

Dizem que quando os dois foram demitidos e Ron Howard foi anunciado, a equipe inteira aplaudiu, inclusive Alden Ehrenreich (quem?) o protagonista. Ele mesmo não parece muito confiante, e não inspira confiança, tanto que um professor de interpretação foi chamado para tentar ensinar o ator a atuar.

As mesmas fontes falam que em alguns momentos o Han Solo de Alden Ehrenreich lembra… Ace Ventura.

Tenha medo, tenha muito medo.

Fonte: Business Insider.

Relacionados: , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e para seu blog pessoal, o Contraditorium,

Compartilhar