Home » Games » Nintendo » Se eu fosse você, não esperaria pelo Destiny 2 no Switch

Se eu fosse você, não esperaria pelo Destiny 2 no Switch

Líder de projeto do Destiny 2 usa necessidade de conexão constante como motivo para o jogo não sair para o Switch e levante a dúvida: será que a falta de poderio não será o único problema que o console enfrentará daqui para frente?

2 anos atrás

Não tem jeito, sempre que um grande jogo multiplataforma for anunciado, as pessoas questionarão se existe a possibilidade do Nintendo Switch receber uma versão e com o Destiny 2 não seria diferente. A má notícia para quem tinha alguma esperança quanto a isso é que tal adaptação não deverá acontecer.

Quem falou sobre o assunto foi Mark Noseworthy, líder de projeto que durante uma entrevista explicou o que os impedirá de lançar o jogo para o novo console da Nintendo.

Penso que isso seja bastante irreal, dado que temos um jogo apenas online, certo? O Switch, por ser um portátil — e adoro o meu Switch, tenho o Breath of the Wild aqui, tenho ele comigo. É incrível, adoro o console, mas em termos de onde ele está no momento, não quero deixar ninguém com a possibilidade de, tipo, ‘é algo que estamos considerando, talvez para o ano que vem.’ Não existem planos no momento para o Switch.

Noseworthy parece ter um bom argumento aqui, afinal seria estranho o jogo só funcionar quando estivéssemos conectados e isso acaba nos levando para uma questão bem mais abrangente do que apenas a ausência do Destiny 2 no Switch.

O problema é que temos visto cada vez mais jogos exigirem uma conexão constante e se antes achávamos que o videogame da BigN perderia conversões “apenas” pela falta de força bruta, será que passaremos a ver mais estúdios ignorando o aparelho por causa da sua portabilidade?

Acho que o ideal seria se a Bungie deixasse a possibilidade de escolha nas mãos do consumidor, quer dizer, lançando o jogo para o Switch e informando que ele só poderia ser aproveitando quando estivéssemos conectados. Porém, sei que isso poderia gerar muitas reclamações por parte dos desavisados e talvez até prejudicasse bastante as vendas.

Mas no fundo acho que o Switch não teria capacidade de rodar o Destiny 2 satisfatoriamente e Mark Noseworthy pode simplesmente ter encontrado uma boa desculpa para não dizer isso abertamente. Mas seja lá por qual motivo for, posso até me enganar nesta, mas acho que ainda veremos muitos títulos multiplataforma não darem as caras no neste videogame, infelizmente.

Fonte: Destructoid.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários