Home » Demais assuntos » Atlus não quer que você compartilhe trechos do Persona 5

Atlus não quer que você compartilhe trechos do Persona 5

Após impedir que fotos e vídeos do Persona 5 sejam compartilhados pelos donos de um PS4, Atlus diz que quer evitar spoilers e que banirá conta dos que não respeitarem suas regras.

3 anos atrás

persona-5

Esta semana chega ao PlayStation 4 e ao PlayStation 3 o Persona 5, jogo que tem sido amplamente elogiado pela mídia, inclusive com alguns veículo afirmando que este é o melhor RPG dos últimos 10 anos.

Por se tratar de uma franquia tão adorada e que gerou tanta expectativa entre os fãs, alguns já devem estar sabendo que a função de compartilhamento de fotos e vídeos do PS4 não funcionarão com ele e agora a Atlus explicou porque tomou esta decisão.

De maneira simples, não queremos que a experiência para pessoas que não jogaram o game seja estragada. Nossos fãs esperaram anos para que o jogo fosse lançado e realmente queremos ter certeza de que poderão experimentá-lo como uma aventura totalmente nova.

Porém, sabemos que isso não significa que trechos com gameplay deixarão de aparecer no YouTube, afinal as pessoas podem usar outras maneiras para capturar as imagens e pensando nisso a empresa chegou a criar algo parecido com um guia para os mais insistentes. Segundos eles, os vídeos não poderão ter mais de 90 minutos; não poderão conter grandes spoilers sobre o enredo; só poderão mostrar a luta contra um chefe específico e apenas os acontecimentos até o dia 7 de julho no horário in-game.

Mas e quanto aqueles que não quiserem seguir as regras? Pois a Atlus afirma que acionará o dono do canal por quebra de direitos autorais, com a conta podendo ser suspensa ou até mesmo banida do serviço. Eles inclusive afirmam no texto que o aviso foi dado e que ninguém deveria ignorá-lo.

A postura já começa a levantar o debate sobre se a editora estaria pegando muito pesado com aqueles que gostam de transmitir aquilo que estão jogando e se o próprio videogame conta com um recurso para isso, se eles não estariam passando do limite.

A minha opinião quanto a isso é que, embora eu abomine qualquer tipo de spoiler, não acho que caiba aos criadores dos jogos tentarem me blindar quanto a isso. Se eu não quero saber o que acontece no enredo de um RPG, evidentemente nunca assistirei um longo vídeo com seu gameplay e se por acaso eu fizer isso, acho que a culpa é minha, não de quem publicou.

Parece até que a Atlus está tentando evitar que pessoas deixem de comprar o jogo por terem conhecido sua história apenas assistindo no Youtube, mas estamos falando de um título que pode passar facilmente de 100 horas de jogo e se nem jogos amplamente focados na história — como uma criação da Telltale, por exemplo — bloqueiam a função de compartilhamento do PS4, não vejo sentido no Persona 5 fazer isso.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários