Sony vai encerrar a produção do PS3 em breve no Japão

Ao que tudo indica um dos maiores sucessos da Sony finalmente subiu no telhado. Segundo informações oficiais a matriz japonesa está em vias de encerrar a produção do PlayStation 3 no arquipélago, embora não tenha fixado datas. No entanto, segundo um lojista ele sairá do mercado ainda em março.

As informações vieram direto do site oficial do PS3 no site japonês da marca PlayStation. Hoje o único modelo do console de 128 bits à venda no Japão é o Super Slim com HD de 500 GB (versão CECH-4300C), lançado em 2014. Segundo a fabricante os envios do console às lojas “se encerrarão em breve”, dando a entender que a Sony Japan estaria prestes a interromper sua fabricação; a partir de tal ponto ela passaria a trabalhar apenas com o estoque restante a ser despachado. A gigante japonesa, no entanto não deu maiores detalhes de quando deixará de fornecer o PS3, logo não há datas concretas para o fim iminente da plataforma.

Só que lojistas normalmente têm acesso a informações não divulgadas ao público geral, e um desses localizado na província de Fukuoka foi um pouquinho mais específico:

De acordo com o tweet, a Sony estaria encerrando a produção do PS3 se encerra já em março, e, portanto, os próximos lotes a serem enviados aos revendedores serão os últimos no Japão. Não há informações de como tal decisão da matriz japonesa irá afetar o comércio do console na Europa, Ásia e Américas, mas é certo que tal movimento não deve demorar: o PSP, seu primeiro console portátil foi retirado de mercado no ocidente em janeiro de 2014 e cinco meses depois o Japão fez o mesmo, visto que ele era bastante popular por lá.

O PS3 teve uma vida longa. Lançado em novembro de 2006, segundo o pai do PlayStation original Ken Kutaragi ele foi planejado para um ciclo de vida de dez anos. Em outros tempos as fabricantes levavam bem menos tempo para lançar novas plataformas, mas a estrutura tanto do console da Sony quanto do Xbox 360 (cuja produção se encerou globalmente em abril de 2016) permitiu uma maior margem para Sony e Microsoft desenvolverem novos consoles mais próximos de PCs para a geração seguinte.

Claro que o PS3 teve seus altos e baixos: embora seja uma excelente máquina ele possuía uma plataforma de desenvolvimento muito complexa graças à arquitetura RISC de seu processador Cell, que é ainda mais poderoso que os presente em qualquer console hoje; os poucos 256 MB de RAM disponíveis para games contra 512 MB do Xbox 360 eram um fator limitante, e por fim a pirataria, embora tenha demorado mais para chegar do que no console da rival enfim encontrou seu caminho graças a George Hotz (que recentemente tentou comprar um Tesla S mas desistiu…).


essaynLulz — EPiC PS3 Commercial ☞ Michael ☜ Long Live Play [HD]

Entretanto não dá para negar que o PS3 nos trouxe excelentes games e proporcionou horas e horas de diversão nesses dez anos, ainda que não tenha sido o campeão da sétima geração. A Sony tomou a dianteira com o PS4 e hoje ele vende bem mais do que o Xbox One, mas o PlayStation 3 seguirá lembrado como um dos produtos mais bem-sucedidos da Sony Entertainment e que por anos carregou a companhia nas costas, que sangrava feito louca principalmente pelas contínuas presepadas da divisão mobile.

Com o último membro da sétima geração saindo do palco, pode-se dizer que os últimos dez anos foram uma longa e divertida jornada; esperemos que o PS4 mantenha o legado do PS3, que foi um excelente console.

Fonte: Gematsu.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples