Home » Mundo Estranho » Aquele lindo monitor 5K da LG possui um ponto fraco: roteadores

Aquele lindo monitor 5K da LG possui um ponto fraco: roteadores

Por essa ninguém esperava: o lindo (e caro) monitor 5K da LG aprovado pela Apple simplesmente não funciona quando a menos de 2 m de distância de um roteador.

3 anos atrás

Se vivo fosse Steve Jobs não deixaria de ver tal situação como uma grande prova que sua filosofia de não contar com produtos de terceiros era a mais acertada. Em outubro último a maçã anunciou que deixaria de fabricar monitores, passando a fechar acordos com fabricantes que lançariam displays seguindo as exigências da maçã (que os venderia em sua loja com o selo "Apple Approved"), próprios para serem usados com seus Mac Pros e MacBooks.

O primeiro grande aliado nessa nova fase foi a LG com seu delicioso UltraFine 5K: um display IPS de 27 polegadas com resolução de 5120 × 2880 pixels, três portas USB-C, uma Thunderbolt 3.0 que fornece energia para Macbooks Pro, alto-falantes, câmera e microfone embutidos que o tornam um display FaceTime-ready e 77% mais pixels que um monitor 4K. Um monstro voltado para profissionais e entusiastas que hoje custa US$ 974 na loja virtual de Cupertino (originalmente US$ 1,2 mil, mas de qualquer forma ele não está disponível no Brasil).

Parecia um acordo perfeito: a Apple deixaria de fabricar monitores e passaria a concentrar seus esforços de produção em produtos que vendem mais, e os parceiros dariam um boost em suas vendas lançando um display com o selinho de aprovação da maçã. Só que a LG pisou FEIO na bola com o UltraFine: consumidores relatam que o monitor sofre interferência pesada quando colocado a menos de dois metros de distância de um roteador, e simplesmente não funciona.

Veja o vídeo:

Carlos E. Hernández — LG UltraFine 5K Flickers When Near A WiFi Router

O jornalista Zac Hall do 9to5Mac constatou in loco o problema e ao contatar a LG descobriu que a empresa está ciente da gafe, já que ela vem recomendando os consumidores e deixá-lo longe de roteadores. Seus testes constaram que o problema é intermitente: aproxime-o a menos de 1,2 m e a tela pisca; aproxime-o mais e o display apaga completamente, só voltando ao normal ao afastar o roteador.

Aparentemente o UltraFine 5K possui componentes cruciais porcamente protegidos contra radiação eletromagnética, fazendo com que ele fique doidão quando o tráfego de dados se torna constante. Uma vez que o monitor é colocado a uma distância segura, o problema some completamente. Embora não seja um grande problema, para quem possui espaços limitados para seus equipamentos tal bug se mostra um empecilho e tanto para quem deseja um monitor do tipo.

Segundo a LG apenas este modelo em particular apresenta tal comportamento e os demais estão plenamente protegidos. É provável que o próximo lote do UltraFine 5K já não sofra interferência, mas não deixo de imaginar que a Apple estaria agora reconsiderando não apenas o selo de aprovação, mas como sua estratégia de deixar de fabricar monitores.

Fonte: Extreme Tech.

relacionados


Comentários