Google e Mozilla declaram guerra ao HTTP

Acabou a moleza: o Firefox 51 e o Chrome 56 passarão a marcar formulários HTTP como inseguros; meta é forçar todo mundo a migrar para o HTTPS.