Home » Games » Nintendo » EA diz que Nintendo ouviu third-parties

EA diz que Nintendo ouviu third-parties

Vice-presidente da EA diz que a Nintendo ouviu as desenvolvedoras externas enquanto estava criando o Switch e que o console fará com que a fabricante volta à frente da indústria.

2 anos e meio atrás

Recentemente critiquei aqui no blog a linha inicial de jogos prevista para chegar ao Nintendo Switch, mas mesmo que você tenha gostado do que foi anunciado até agora, há de concordar comigo que não existe a menor garantia de que os lançamentos continuarão acontecendo num bom ritmo.

O melhor exemplo nesse sentido é o que vimos acontecer com o Wii U, console que num primeiro momento recebeu até mais jogos do que deveremos ver no Switch, mas que não demorou muito para ser abandonado — se não pela fabricante, ao menos pelas editoras externas, as famosas third-parties.

Pois esse é justamente um dos maiores temores dos interessados no novo console, mas ao falar sobre o aparelho, o vice-presidente executivo da EA, Patrick Soderlund, disse que a Nintendo ouviu o que os desenvolvedores tinham a dizer e ainda aproveitou para fazer uma bela previsão.

Acho que o Nintendo Switch colocará a Nintendo novamente à frente da indústria de games. Sua abordagem tem sido bem diferente de tudo o que fizeram no passado — eles ouviram a EA, a Activision e outras companhias desde que iniciaram o desenvolvimento do Switch, então temos estado envolvidos durante todo o processo. Eles se uniram a nós porque queriam garantir que o console seria um sucesso. Fazer negócios com a Nintendo é muito importante parta nós… Queremos trazer mais e mais jogos para todos.

A declaração certamente é bastante empolgante, mas mesmo sabendo que as coisas mudam e que só porque algo aconteceu anteriormente não quer dizer que se repetirá, não podemos esquecer que antes do lançamento do Wii U a Electronic Arts também estava declarando total apoio ao videogame e no fim das contas só os vimos lançar quatro jogos para aquele console, sendo que dois eram de esportes.

De qualquer forma, é sempre muito bom ver uma grande editora apostando no Switch, ainda mais depois do próprio Soderland ter dito que a Nintendo os fez pensar diferente e que a empresa japonesa merece obter sucesso. No entanto, a sensação que tenho é de que a EA está apenas sendo política, garantindo que não fechará uma porta que pode lhes dar muitos frutos com o passar do tempo.

Fonte: NintendoEverything.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários