Nintendo Switch terá rede online paga

20170113nintendo-switch

Agora que maiores detalhes do Nintendo Switch foram finalmente revelados, os interessados começam a pesar os prós e os contras do consoles e algo que deverá desagradar muitas pessoas é a sua rede online. O problema é que assim como acontece com os videogames da Sony e da Microsoft, jogar online no Switch também exigirá uma assinatura.

Ainda sem sabermos o preço que será cobrado pelo serviço, o que a Nintendo revelou foram algumas vantagens que teremos ao pagarmos por ele. Uma delas será o acesso a descontos para compras digitais, assim como a utilização de um aplicativo para smartphones que nos permitirá convidar amigos para as partidas, além de conversarmos com eles durante os jogos que aceitarem tal recurso.

Outro “presente” interessante será a disponibilização mensal de um jogo de NES ou Super NES para os assinantes, algo que convenhamos, parece pouco perto do que os jogadores de PS4 e Xbox One recebem todos os meses. No entanto, um detalhe bacana é que o site dá a entender que tais títulos permitirão que partidas multiplayer possam acontecer pela internet.

A fabricante também fez questão de dizer que esse sistema de cobrança afetará apenas o Switch, com os jogadores de 3DS e Wii U podendo ficar tranquilos quanto a isso e embora a rede esteja prevista para permitir disputas online já no lançamento do console (os outros recursos virão depois), a cobrança por ela só deverá começar a acontecer durante a nossa primavera.

Aliás, esse é outro problema que tem preocupado os interessados no videogame. Como a empresa japonesa afirmou que a Nintendo Switch Online Service estará disponível inicialmente apenas nos Estados Unidos, Canadá e México, o temor é que todo o resto do planeta não consiga aproveitar a porção online do aparelho, o que seria realmente terrível.

Enfim, como era de se esperar, ainda existem muitas dúvidas em relação o Switch que precisam ser esclarecidas, como por exemplo se poderemos baixar no console os títulos que compramos digitalmente nos seus antecessores. A Nintendo por sua vez afirma que aos poucos mais informações serão divulgadas e como ainda faltam dois meses para o videogame chegar às lojas, teremos muito tempo para especulações.

Leia também:

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar