CCXP 2016 — painel da HBO revela detalhes de Game of Thrones (bônus: Natalie Dormer)

got-drogon-daenerys

O primeiro dia da CCXP 2016 se encerrou com um grande painel da HBO, onde a atração principal foi Game of Thrones. Embora o foco tenha se concentrado em aspectos relativos à storyboard e efeitos visuais, a atriz Natalie Dormer deu o ar da graça e conversou com os fãs.

will-simpson

O painel se iniciou com Will Simpson, profissional responsável pela arte e storyboards da série. Ele revelou que fez o primeiro esboço sem ser comunicado de que se tratava de uma adaptação da obra de George R.R. Martin, mas a qualidade de seu trabalho (seus storyboards são planejados como HQs) garantiu sua participação no projeto.

Simpson disse que a cena mais impressionante da sexta temporada não teve um esboço; embora ele tenha cerca de um mês e meio para adaptar os roteiros de diversos episódios, a Batalha dos Bastardos foi conduzida sem storyboard.

O artista ainda revelou, de forma bem humorada seu método para não entregar spoilers da série: “eu vou para um bar, seleciono as bebidas mais terríveis e esqueço tudo”.

sven-martin

Na sequência foi a vez de Sven Martin, técnico de VFX do premiado estúdio Pixomondo; ele já trabalhou com efeitos em diversões filmes e séries como O Espetacular Homem-Aranha, A Invenção de Hugo Cabret, Sucker Punch e mais recentemente, Mulher-Maravilha.

Em Game of Thrones o estúdio possui um sólido portfólio: a criação dos incríveis dragões. A segunda parte do painel se concentrou em como o estúdio fez para torna-los o mais próximo de criaturas visualmente críveis.

dragons-vfx

Martin explicou que todo o processo de criação dos dragões envolve muita pesquisa e observação da natureza. A proposta era criar animais fantásticos que parecessem reais, logo o projeto envolveu o estudo de esqueletos e estruturas musculares de diversas aves e répteis.

Uma vez construída a estrutura interna, que precisa se mover forma fidedigna os artistas desenvolvem o modelo em argila. É com base nele que os profissionais da Pixomondo criam a textura externa, com detalhes como a pele das asas semi-transparentes quando colocada contra a luz (Martin usou o exemplo de um frango depenado), o formato dos olhos e as escamas, que são aplicadas individualmente para que se movam de forma realista querendo a pele é esticada ou relaxada.

Cada dragão leva cerca de quatro meses para ficar pronto, mas esse é um trabalho continuo: cada nova temporada exige três modelos inteiramente novos por conta do crescimento e mudança de cores, padrão de escamas e outros detalhes.

O resultado dessa trabalheira toda?

Ronaldo Gogoni — Pixomondo – Game of Thrones Season 6 Making Of: Unleashing the Dragons

natalie-dormer

No entanto a maior atração do painel foi mesmo a atriz Natalie Dormer, que interpretou a rainha Margaery Tyrell. E por isso mesmo foi a última a subir no palco.

Bem humorada, Dormer contou que entrou na série como uma fã e mesmo agora fora de Game of Thrones, ela ainda se sente parte da família. Ainda assim deu seus pitacos sobre o futuro da atração:

“Quero ver Cersei sofrer, e muito. Ela vai ter o que merece, os Tyrell vão investir pesado em Daenerys, que é o certo a se fazer.”

No geral foi uma boa entrevista, ainda que entrevistadora Natália Bridi tenha insistido em fazer perguntas pouco pertinentes ao conteúdo do painel. Ao ser questionada sobre o que achava da eleição de Donald Trump, Dormer se reservou a dizer que “2016 foi um ano estranho”, expressando visível surpresa.

Já sobre a pergunta sobre machismo na mídia brasileira (!) e sobre Hollywood estar apostando cada vez mais em mulheres fortes como protagonistas (lembrando da franquia Jogos Vorazes, onde ela também trabalhou), Dormer disse que mais do que a pauta sobre igualdade, antes de tudo é importante ter um produto de qualidade:

Não importa se você tem um pênis ou uma vagina, o importante é contar boas histórias”.

Boa resposta, Dormer.


Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar