Home » Games » Microsoft » Phil Spencer: “eu adoraria ver o Mario no Xbox”

Phil Spencer: “eu adoraria ver o Mario no Xbox”

Chefe da divisão Xbox diz que gostaria de ver jogos do Mario e do Pokémon no Xbox e afirma que nenhuma empresa possui uma linha first-party tão poderosa quanto a Nintendo.

3 anos atrás

minecraft-wii-u

Se tem um executivo da indústria de games que aprendi a admirar, esse é o Phil Spencer. Com um perfil bastante diferente do que nos acostumamos a ver, onde cada um parece fazer questão de querer ser melhor ou mais importante que o outro, o chefe da divisão Xbox está sempre tentando ser gentil, elogiando as empresas concorrentes e falando coisas que dificilmente veremos certos medalhões admitirem. Porém, de bobo Spencer não tem nada.

Um exemplo disso pôde ser visto em uma entrevista dele ao site AusGamers, quando ao ser perguntado se a Microsoft gostaria de um dia ter jogos do Mario e do Pokémon na plataforma Xbox, Spencer disse o seguinte:

Como alguém que está na indústria e jogando há tanto tempo, digo que: a Nintendo possui uma linha própria de jogos mais forte do que qualquer um. Eles são simplesmente fantásticos e as memórias que incutiram em tantos de nós, que jogamos seus jogos e aquelas experiências deliciosas… Ter esses jogos no Xbox será ótimo.

A sugestão feita pelo site pode parecer absurda num primeiro momento, mas não podemos esquecer que a Nintendo decidiu levar suas franquias para os dispositivos móveis e por mais difícil que seja ver o Mario em um console fabricado por outra empresas, eu também pensava isso do Sonic há uns 20 anos.

Outro detalhe que precisa ser levado em consideração é que recentemente as duas empresas se aproximaram, fazendo com que a Mojang lançasse o Minecraft no Wii U e essa versão inclusive contasse com gráficos e sons inspirados na franquia Super Mario. Num determinado momento chegou-se até a especular que a coletânea Rare Replay poderia ser lançada para o Wii U, mas tal rumor infelizmente foi desmentido.

O fato é que essa não é a primeira vez que Phil Spencer elogia a BigN, sendo que no ano passado ele chegou a “oferecer” o personagem Banjo para o Super Smash Bros. Porém, por mais que tudo isso possa indicar uma tremenda boa vontade do executivo, no fundo trata-se de negócios. Afinal, quem não gostaria de ter na sua plataforma algo tão poderoso quanto um Mario ou Pokémon, ou ver uma das suas marcas aparecendo em um jogo extremamente popular?

relacionados


Comentários