Facebook lança Flash, o novo rival do Snapchat primeiro no Brasil

facebook-flash

Não é segredo para ninguém que o Facebook odeia o Snapchat. Ao recusar a oferta de compra de US$ 3 bilhões pela rede social em 2013, Mark Zuckerberg levou para o lado pessoal e tem dedicado esforços adicionais para aniquilar o app que é sensação entre os jovens (claro que ele atira em todo mundo e está transformando o Facebook em um pato, mas o chumbo está concentrado no Snapchat).

Já tivemos o Slingshot e o Poke que não deram muito certo, o Stories sendo introduzido no Instagram e no Messenger e até o Live recebendo os filtros faciais do rival, mas isso ainda não é o bastante. Faltava um app que fazia tudo que o Snapchat faz e com o Flash, que acaba de chegar com exclusividade para usuários brasileiros do Android Zuck espera suprir essa deficiência.

A proposta do Flash é exatamente a mesma: um bate-papo com mensagens que se autodestroem, com o uso de filtros engraçados e outras perfumarias. Você tira uma foto, adiciona texto, filtros ou emojis, envia para seus contatos ou seguidores no Facebook e pronto, as postagens somem em até cinco segundos. O Facebook está fazendo uso tanto no Flash quanto no Live da tecnologia da Masquerade Technologies que no passado desenvolveu o MSQRD, um app que aplica maquiagens engraçadas nos rostos dos usuários.

A grande vantagem do Flash sobre o Snapchat, da qual o Facebook está se gabando é a leveza de seu app: enquanto o rival ocupa entre 55 e 60 MB, ele só pesa 25 MB (a título de comparação, o WhatsApp pesa 98 MB). Além disso ele já chega localizado, com filtros temáticos voltados para o usuário brasileiro. Por outro lado ele não permite a criação de mensagens de voz ou vídeo como o adversário, nem possui um foco em conteúdo de grandes portais ou celebridades; a proposta é ser um app de uso mais casual, ao menos por enquanto.

O Facebook pretende introduzir o Flash a princípio somente em países em desenvolvimento, por causa disso o app será por enquanto exclusivo do Android; não há previsão de quando o app chegará ao iOS mas claro, isso não deve demorar assim que ele passar nos testes no mercado brasileiro. Tudo para aniquilar o Snapchat, claro.

Aos interessados, o Flash pode ser baixado aqui e é compatível com dispositivos Android a partir do 4.1 Jelly Bean.

Fonte: recode.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar