Home » Hardware e periféricos » Alemanha não quer que a Tesla use o piloto automático

Alemanha não quer que a Tesla use o piloto automático

Preocupado com a segurança, departamento de trânsito da Alemanha quer que a Tesla deixe de promover o Piloto Automático de seus carros em ads no país.

4 anos atrás

autopilot

Nós sabemos que a Alemanha é extremamente chata quando o assunto é segurança, e agora quem está pastando na mão das autoridades locais é Elon Musk. O Departamento de Transportes do país está implicando com a Tesla Motors, exigindo que a empresa não mais utilize o termo “Piloto Automático” para se referir ao sistema auxiliar de direção em propagandas.

Na verdade, o órgão quer que a empresa sequer divulgue que ele existe aos cidadãos alemães.

Que o sistema da Tesla está incomodando todo mundo não é novidade, afinal é um recurso refinado o suficiente para funcionar em situações reais de trânsito. Não é nenhuma novidade, montadoras pesquisam direção autônoma há décadas mas como são xiitas ao extremo, não deixam nada sair dos laboratórios enquanto não acreditarem que tudo está 100% perfeito (algo que nunca vai acontecer).

A própria BMW, montadora alemã apresentou no Top Gear um 330i 100% autônomo, mas como o sistema, por melhor que fosse era dedicado apenas a testes ele nunca foi implementado.

KnightsBooking — Top Gear | New Self-Driving BMW 330i | 720p HD / HQ Sound

Então veio a Tesla. Elon Musk, que não dá ouvidos ao jurídico soltou o recurso em seus Teslas mesmo que ele não seja projetado para assumir o carro todo o tempo (na verdade é, mas ninguém admite), o que enfureceu a concorrência, ainda mais por descobrirem que o sistema aprende e evolui. Como ele ousa apresentar uma solução melhor do que todos os estudos que eles fazem hoje e nunca chegarão às estradas? A reação natural, obviamente foi partirem para o ataque, como fez em engenheiro-sênior da Volvo.

tesla-autopilot

Só que o KBA, o Departamento de Transportes alemão comprou a briga e num movimento até alinhado com suas políticas extremamente rígidas no que diz respeito à segurança e proteção ao consumidor, em alinhamento às declarações do Ministério afirmam que o Piloto Automático dos Teslas representa um risco ao tráfego do país, que os motoristas não são alertados de situações que o computador de bordo não pode resolver e por conta disso, o mais seguro é manter o controle em mãos humanas. Sabe, o que já provamos em testes que não nos comparamos às máquinas.

O KBA chegou ao cúmulo de escrever para cada dono de Teslas na Alemanha alertando que o Piloto Automático é apenas um assistente (é e não é) e que eles devem manter os olhos na estrada o tempo todo, o que é óbvio para qualquer um que dirige.

Agora a cereja do bolo: o órgão emitiu um comunicado à Tesla EXIGINDO que ela deixe de utilizar o “confuso” termo “Piloto Automático” em suas propagandas no país, o que é o máximo que podem fazer mas não o que desejam de fato: dada a preocupação em escrever para os consumidores, por extensão a KBA quer inclusive que a empresa sequer mencione que o assistente existe e os motoristas não o utilizem em hipótese alguma. O motivo: evitar que os idiotas demais para ter qualquer carro confiem cegamente no assistente.

Dada a paranoia alemã eu não duvido inclusive que os políticos se mexam para forçar a Tesla a remover o feature de todos os carros vendidos no país, novos e em circulação “em nome da segurança”.

Fonte: Digital Trends.

relacionados


Comentários