Home » Games » Games para PC » Campanha do Star Citizen sofre adiamento

Campanha do Star Citizen sofre adiamento

Durante a CitizenCon 2016 Chris Roberts deu uma notícia que muitos não gostariam de ouvir: o modo single-player do Star Citizen infelizmente demorará mais um pouco para ser lançado.

3 anos atrás

star-citizen

Embora seja um jogo com forte apelo ao multiplayer, uma das características que mais chama a atenção do Star Citizen é a sua campanha principal. A Cloud Imperium Games está apostando tão alto nesse modo que no ano passado anunciou que diversos artistas de peso participarão dela, entre eles Gary Oldman, Mark Hamill e Gillian Anderson. Porém, não poderemos jogá-lo quando pensávamos.

A princípio o modo batizado como Squadron 42 deveria ser lançado junto com o jogo principal, mas em fevereiro passado foi revelado que o multi e o single-player seriam divididos e devido a um crescimento considerável no modo história, ele infelizmente demorará mais um pouco para sair.

Queremos fazer isso da maneira correta. É realmente importante fazer isso corretamente,” explicou Chris Roberts durante a CitizenCon 2016. “O que podemos fazer por vocês é fazer isso da maneira correta. Porque se estivéssemos em uma situação típica com uma editora, eles diriam, ‘Bem, não, vocês usarão a época do natal; vocês vão lançar. Vocês podem fazer alguns patches e DLCs, e não se preocuparem com pessoas que acharem que ele não está polido o suficiente e com um monte de bugs.’

Infelizmente Roberts não deu uma data exata para a disponibilização do Squadron 42, limitando-se a dizer que embora eles pretendessem lançar o modo ainda esse ano, isso não acontecerá. Para piorar, só teremos uma demonstração de uma missão num “futuro próximo”, o que sugere que a espera poderá ser bem maior do que gostaríamos.

Até por sua campanha de financiamento coletivo ter começado há quase quatro anos e desde então ter arrecadado mais de US$ 127 milhões, é evidente que os jogadores ficariam decepcionados com tal adiamento. Mesmo assim, quando o game designer fala sobre a pressão que estariam recebendo caso o jogo estivesse sendo bancado por uma editora, ele não deixa de ter razão.

No fim das contas, continuo achando que o mais importante é que um game, seja ele qual for, tenha a melhor versão possível no seu lançamento e se isso significa um atraso para que ele seja disponibilizado, que tenhamos um pouco de paciência e aproveitemos o que já temos em mão até lá.

Isso posto, o Star Citizen precisa ser lançado e até devido a enorme expectativa que ele tem gerado desde que foi anunciado, cada vez que o estúdio anuncia um novo adiamento, é compreensível que as reclamações ocorram em grande quantidade.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários