Home » Hardware e periféricos » Samsung suspende “temporariamente” produção do Galaxy Note7 [UPDATE: MÓR-REU!]

Samsung suspende “temporariamente” produção do Galaxy Note7 [UPDATE: MÓR-REU!]

Já era hora: após unidades de substituição do Galaxy Note7 continuarem explodindo, Samsung interrompe produção do foblet “temporariamente”.

3 anos atrás

galaxy-note7

UPDATE: a Samsung jogou a toalha. Através de comunicado oficial a empresa anunciou a interrupção da produção do Galaxy Note7 em caráter definitivo, ao mesmo tempo que aconselha a TODOS os donos do aparelho a desligarem o foblet permanentemente. Dessa forma a campanha do aparelho está encerrada, ele não será mais vendido e as unidades à venda serão recolhidas. Os donos do Note7 terão a opção de trocar por outro aparelho ou recuperar o dinheiro, e tal movimento invariavelmente privilegiará a Apple e os demais concorrentes.

Melhor sorte com o S8, Samsung.

Segue abaixo a notícia original.


É, a Samsung conseguiu se explodir sozinha. A pressão dos executivos, que desejavam que o Galaxy Note7 superasse o iPhone 7 de qualquer jeito acabou por fazer com que o foblet (e agora isso fica evidente) saísse com um belo erro de projeto, uma bateria instável que explode sem o menor aviso.

E como as unidades de substituição estão apresentando os mesmos problemas que os supostos 2,5 milhões de aparelhos inicialmente afetados, a Samsung não teve opção a não ser interromper a produção como um todo.

De acordo com informes vindos de uma agência de notícias da Pior Coreia, a Samsung está "ajustando" sua cadeia de produção em acordo com exigências feitas por entidades de proteção ao consumidor tanto locais quanto dos Estados Unidos e China (vale lembrar que o Note7 sequer foi lançado aqui, sua chegada foi suspensa pela Samsung Brasil quando os informes sobre as explosões se tornaram públicos).

No geral a situação da Samsung não é boa. Nos EUA tanto a AT&T quanto a Verizon interromperam a venda do aparelho, o que vem sendo a norma praticada por diversas operadoras em todo o mundo. A confiança na Samsung foi seriamente abalada, a maior parte dos consumidores que adquiriram um Note7 e estão respondendo ao recall preferem troca-lo por outro modelo, e sem muita surpresa a busca pelos novos iPhones explodiu (a Apple, esperta que só está mantendo um número baixo de aparelhos disponíveis para potencializar a procura).

E é compreensível, já que mesmo os aparelhos novos que supostamente estariam livres do bug explosivos estão fazendo isto:

jingee Kim — Explosion galaxy note7 in the burger king korea

A fábrica da Samsung instalada no Vietnã, responsável pelos aparelhos distribuídos globalmente será temporariamente paralisada, e acredita-se que os técnicos responsáveis tentarão resolver a gafe mas agora é tarde, o estrago está feito e ninguém em sã consciência vai querer um dispositivo que PODE explodir, mesmo que não o faça.

Em última análise a linha Note está condenada; o mais provável de acontecer é vermos um S8 Plus no lugar do foblet em 2017 ou a Samsung pode fazer algo mais simples que é modificar a linha S Edge, mover seu lançamento para o segundo semestre e adicionar a stylus, entre outras soluções do quase finado dispositivo móvel.

Por outro lado, o Note7 pode ser um aparato bem útil para as forças que combatem o ISIS na Síria:

Modded Games — GTA 5 MOD - Samsung Galaxy Note 7 (Bomb)

Fonte: Yonhap News Agency.

relacionados


Comentários