Home » Filmes e séries » Apple TV de terceira geração deixa de ser vendida

Apple TV de terceira geração deixa de ser vendida

Cortaram a última macieira barata do pomar: a Apple TV de 3ª geração, o set-top box acessível de Cupertino deixa de ser comercializado.

4 anos atrás

apple-tv-3rd-gen

A Apple TV foi uma aposta curiosa. Steve Jobs costumava se referir ao set-top box como nada além de um hobby, uma experiência para testar se uma parcela de seu público gostaria de consumir mídia do iTunes diretamente em sua TV, com ele conversando com seus Macs, iPhones e iPods.

Só que de 2007, ano de lançamento da primeira geração até 2014 ela vendeu mais de 25 milhões de unidades, rendeu mais de US$ 1 bilhão à Apple e deixou de ser um hobby na 4ª geração, quando digievoluiu de set-top box para solução completa, rodando sua própria versão do iOS, o tvOS. Com isso ele passou a executar apps e games, o  que faz da Apple TV o último microconsole do planeta.

O grande problema é que como tudo na vida, as coisas mudam e evoluem. A nova Apple TV é infinitamente mais potente que a 3rd Gen Rev. A, que utiliza o velho e cansado processador Apple A5 single-core (a primeira versão vinha com um A5 dual-core, porém com um dos núcleos bloqueado) e hoje modestos 512 MB de RAM; já a atual ostenta um A8 quad-core e 2 GB de memória, o suficiente para rodar todos os games da plataforma iOS com desenvoltura. Mas a questão principal que levou ao detrimento do modelo anterior é um bem óbvio: ela não tem mais fôlego.

Em primeiro lugar, ela não é compatível com o tvOS e por conta disso, a Apple tratou de podar dela a comunicação com o iOS 10 na hora de controlar dispositivos IoT, algo que funcionava bem até o momento com o iOS 9. Por questões de compatibilidade e aumentar as vendas do modelo anterior, quem utiliza a caixinha com um hub inteligente e atualizou seus iGadgets para a versão mais recente do sistema mobile da maçã (com exceção do iPhone 4S e do iPad 2, que também ficaram de fora), a única solução para tal problema é bem simples: comprar a Apple TV 4th Gen.

Só que enquanto ela é razoavelmente acessível lá fora (US$ 149 pelo modelo de 32 GB e US$ 199 pelo de 64 GB), por aqui as coisas são bem diferentes:

apple-tv-4th-gen

E olha que o preço caiu.

Por essas e outras não é mais vantagem alguma para a Apple manter as vendas do modelo anterior, sendo que ele não só não receberá mais updates como tem funções a menos. Isso posto, Cupertino o excluiu definitivamente de sua lojinha, pondo um fim ao último device da empresa que você ainda poderia chamar de acessível, ainda que ele tenha sido reajustado em 50% quando a Apple TV 4th Gen chegou ao Brasil.

Claro que tal passo era inevitável, a Apple TV 3rd Gen já deu o que tinha que dar. O único problema é que quando você coloca o set-top box de entrada da Apple por R$ 1.099,00 ao lado do Chromecast 2, que você encontra por valores bem inferiores aos R$ 399 sugeridos pelo Google, ainda que ele não rode apps diretamente fica difícil competir (não estou colocando o Ultra na briga, até porque quando ele chegar por aqui ele eventualmente será bem caro).

Não que a Apple esteja preocupada. Ela vende experiência de uso, e usuários dos iGadgets eventualmente vão preferir a caixinha mesmo sendo ela muito mais cara pelo simples fato do uso mais orgânico. Eu só preferia que o preço fosse mais amigável, mas não dá para ganhar sempre.

relacionados


Comentários