Home » Games » Indústria » Jack Tretton defende jogos em Early Access

Jack Tretton defende jogos em Early Access

Ex-CEO da Sony Interactive Entertainment diz que programa Early Access foi a melhor coisa que já aconteceu aos games e explica porque pensa assim.

3 anos atrás

early-access

Recentemente vimos Jack Tretton apontar a falta de timing como principal motivo para o insucesso do PlayStation Vita e dessa vez o assunto abordado pelo ex-CEO da Sony Interactive Entertainment é bem mais polêmico: os jogos vendidos como acesso antecipado, ou Early Access.

Sem o menor medo de defender a prática, o executivo chegou a dizer que “o Early Access é provavelmente a melhor coisa que já aconteceu aos games” e para que não parecesse um elogio gratuito, ele explicou porque pensa dessa maneira.

Os desenvolvedores recebem feedback gratuito, recebem receita para lhes ajudar a desenvolver seus jogos até o produto final e os jogadores recebem a oportunidade de dizer ‘gosto disso, não gosto disso’ e ver o jogo sendo modificado de acordo. E os indies em particular aproveitam a vantagem do programa early access e agora que a Microsoft o adotou, tem isso tanto no PC quanto nos consoles. Esse é realmente o ponto principal para mim.

Da maneira como Jack Tretton fala, é realmente difícil criticar um programa aparentemente tão interessante, mas o problema é que quem acompanha a indústria ou já adquiriu alguns jogos vendidos dessa maneira sabe que na prática não é bem assim que as coisas funcionam.

Desde jogos que foram prematuramente abandonados por seus criadores até projetos que foram cancelados, temos até o caso da Studio Wildcard, que anunciou um DLC pago para seu título cuja versão final ainda nem foi disponibilizada. Tudo isso me faz pensar que o Early Access pode ser um negócio muito melhor para os estúdios do que para os consumidores, que invariavelmente darão dinheiro para algo que eles não tem a menor garantia de que será entregue.

Embora eu tenha sido uma das pessoas que defendeu esse tipo de negócio lá no começo, confesso que hoje em dia raramente coloco meu dinheiro em um projeto nesse estado, preferindo ter pelo menos uma noção melhor dos rumos que o desenvolvimento tomará e no fim das contas o bom nessa indústria é que nunca somos obrigado a financiar aquilo com o que não concordamos.

Fonte: IGN.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários