Home » Hardware e periféricos » Google Pixel: tá “vazando” tudo! [UPDATE]

Google Pixel: tá “vazando” tudo! [UPDATE]

O Google vacilou? Vazamento controlado ou não informações como benchmarks, imagens e até registros em vídeo do tal Google Pixel estão aparecendo.

3 anos atrás

google-pixel-001

Certa vez o Cardoso comentou sobre a cultura do vazamento: como toda a indústria pop cria leaks controlados dos produtos que deseja que bombe mas nada que vaza nunca é a versão preliminar, é sempre a final, sem marcas para retoque, sem anotações, sem nada.

A indústria mobile não é muito diferente disso. Por mais que a Apple jure de pés juntos não estar envolvida é muito difícil acreditar que não haja alguém dentro da Foxconn ou dos canais de distribuição que seja contratado unicamente para soltar pílulas de informação entre lançamentos, para manter a mídia sempre falando do próximo iPhone ou iPad, já que todo mundo morde a isca.

Com o Android essa prática é ainda mais descarada: Evan Blass, também conhecido como @evleaks hoje é jornalista contratado pelo Venture Beat, mas quando ele entrou em evidência três anos atrás ninguém entendia como ele conseguia tantas informações certeiras de praticamente todos os lançamentos de smartphones e tablets futuros, fossem da linha Nexus ou dos parceiros do Google como Samsung, LG, HTC, Sony e etc. Windows Phone e BlackBerry, mesma coisa. A questão é que Blass possui excelentes contatos com as companhias, mais precisamente com o setor de RP responsável pelos leaks controlados. Ele recebe um kit, divulga como “vazou”, a mídia cai como um patinho e sai correndo para divulgar.

Veja bem, não é errado fazer isso, mas na maioria dos casos dá para disfarçar. Já o Google nem isso vai conseguir com o tal Pixel, o smartphone que acredita-se substituirá a linha Nexus.

Não muito tempo atrás surgiu a possibilidade de o Google estar envolvido em um novo projeto de smartphones, desta vez com produção própria tal como sua linha Pixel de Chromebooks e tablets. Desta forma Mountain View se livraria das últimas amarras com as OEMs na hora de lançar um produto com o Android puro, e controlaria ela mesma todos os aspectos de produção, desde design a especificações. O Project Ara até então seria o primeiro, mas além de não ser mais uma curiosidade ele não conseguiu sobreviver à realidade.

O Google não admite obviamente, mas de repente informações acerca do Pixel e da variante Pixel XL começaram a aparecer aqui e ali: primeiro, benchmarks apontam que ele será equipado com um quad-core Qualcomm de 1,6 GHz (acredita-se que seja o Snapdragon 820 ou mesmo o 821, revelado recentemente), displays IPS de 5 e 5,5 polegadas e 4 GB de RAM. A encarregada de construi-lo seria a HTC, mas todos os designs e especificações vêm do Google. Ela só monta.

google-pixel-002

Na sequência imagens mostrando os aparelhos surgiram. Nelas podemos ver o uniboby metálico e o sensor biométrico, bem como a disposição das câmeras e dos skeakers, exatamente como os renders anteriormente compartilhados já apontavam.

E não demorou muito, um comercial da Nest na Holanda cometeu a “gafe” de exibir o Pixel por alguns segundos:

Android Police — Nest accidentally shows unreleased Google Pixel phone in commercial

A última informação vazada é referente aos preços: tal qual os seus primos da linha Pixel, que não são exatamente baratos a etiqueta de preço dos aparelhos seria bastante elevada: a versão de entrada do modelo de 5″, com 32 GB de espaço interno custaria US$ 649, exatamente o mesmo do iPhone 7. O que é compreensível, já que o Google deseja entrar no jogo da maçã de produzir seu próprio hardware.

Eu particularmente não consigo acreditar que o Google seja tão incompetente a esse ponto, é fato que os vazamentos são controlados de modo a alimentar a mídia especializada. Independente disso o Pixel parece ser um bom smartphone, e caso ele prometa o que cumpre (um aparelho de ponta com experiência Android pura definitiva), seu preço elevado até compensaria para alguns.

Segundo rumores o Google pretende apresentar seus novos smartphones no início de outubro. Vamos aguardar.

Fonte: Android Police.


UPDATE: o Google anunciou um evento que será realizado no dia 04 de outubro, e nele a empresa irá revelar "o novo membro da família"; tudo indica que seja mesmo o Pixel.

Agradecimentos ao Daniel pela dica.

relacionados


Comentários