Home » Jogos » Operadora Claro sem Pokémon GO, diz que resolverá o problema amanhã [update: resolvido]

Operadora Claro sem Pokémon GO, diz que resolverá o problema amanhã [update: resolvido]

Usuários da operadora Claro relatam problemas de conexão com o jogo Pokémon GO. Seria o velho e safado traffic shaping por causa da Rio 2016? Talvez não, mas nunca se sabe.

3 anos atrás

Laguna_Pokemon_GO_field

Há quase exatos dois meses, a América Móvil se vangloriava de ser a principal fornecedora da infraestrutura de telecomunicações dos Jogos Olímpicos no Rio. Números grandes e todo aquele marketing padrão, replicado por todo lugar.

As operadoras normalmente contam com a estatística de que nem todo usuário de celular usa ostensivamente os pacotes de dados ao mesmo tempo numa determinada região, mas e se todo o país é atingido por uma mesma febre mobile? Naquele texto meu de dois meses atrás, eu apostava que se caso os brasileiros resolvessem assistir à Netflix enquanto ocorria a Olimpíada, ocorreria algum congestionamento na rede.

Felizmente, a Rio 2016 está tão atraente (obrigado, Marta) que o tráfego na Netflix diminuiu. Simples assim: o povo quer ver ao vivo as nossas heroínas brasileiras batendo recordes históricos (com ou sem medalhas) em vez de rever a fantástica Stranger Things pela 3ª vez.

Infelizmente a parte móvel da infraestrutura brasileira da América Móvil não contava com o fenômeno chamado Pokémon GO, o maior game mobile da história.

Desde a noite de ontem (09/08), os clientes da operadora Claro reclamam que ao jogar Pokémon GO no 3G ou 4G nada aparece no jogo. Nem pokémons, nem PokéStops, nem ginásios e nem a praga dos Zubat.

Aí quando chegam em casa ou outros lugares com Wi-Fi disponível, o game funciona normalmente.

Aparentemente o problema é apenas com a Claro. Outras operadoras parecem não ter o mesmo problema.

Uma boa suspeita seria que a Claro ainda não implementou o IPv6 em sua rede (ou a estaria implementando agora), mas o tio Laguna acha que é o velho e safado traffic shaping mesmo: para não atrapalhar os clientes que realmente importam (a infra de telecom para a cobertura da Olimpíada ao vivo), a operadora decidiu limitar o uso do resto de seus clientes.

Isso, claro, se o Pokémon GO consumisse muitos dados, o que não é o caso. Ele consome por volta de 1 MB por hora (8 Mb/h). Então podemos descartar o traffic shaping, por enquanto.

Quer jogar Pokémon GO na Claro? Aguarde pacientemente pois, embora a prioridade da operadora pareça ser a cobertura dos Jogos Olímpicos, também há a possibilidade de alguém ter feito caquinha. Ou pode se tratar de cyber-terrorismo, nunca saberemos até por questão de segurança

O LOL UOL Jogos procurou uma loja da Claro em São Paulo e os funcionários das lojas da empresa foram orientados a dizer que a operadora está fazendo manutenção no serviço. Espero que acalmem os usuários questionando sobre o problema. Problema que pode ter sido regional.

Laguna_Pokemon_GO_iPad_Claro

O tio Laguna tem chip 4G da Claro no velho iPad, e aqui em Fortaleza o Pokémon GO roda normalmente no 3G, embora realmente não haja sinal 4G como antes. Muito estranho desaparecer assim, só que por enquanto não compromete a jogatina. Ainda bem que jogo mais no iPhone mesmo.

ATUALIZAÇÃO

Pokémon GO voltou ao normal na Claro. Aparentemente o problema foi a Niantic banir alguns IPs, compartilhados entre vários usuários da operadora, devido ao grande número de requisições.


Leia também:

relacionados


Comentários