Home » Fotografia » Prisma, o app que transforma fotos em arte chega ao Android

Prisma, o app que transforma fotos em arte chega ao Android

Nem demorou tanto assim: Prisma, o app que transforma suas selfies em obras de arte enfim desembarca no Android.

3 anos atrás

prisma

Nos tempos áureos da briga entre Apple e Google pela hegemonia no mercado mobile, a maçã fazia de tudo para manter seus aplicativos mais valiosos como forma de utilizá-los para convencer o consumidor de que seus iGadgets eram melhores que os Androids, que careciam de aplicativos maneiros.

Por um tempo isso foi verdade, o Instagram era a menina dos olhos de Cupertino e o Flipborad por muito tempo foi o app vitrine do iPad. Os donos do robozinho tinham que se virar com concorrentes como o TwitPic e o Currents, entre outros até essas startups ou serem adquiridas por grandes players, ou perceberem que ganhariam muito mais focando em multiplataforma. Hoje os devs usam duas estratégias: ou nasce multi ou o iOS tem um período de exclusividade curto.

Foi o caso do Prisma.

A proposta do app que se tornou uma sensação nas últimas semanas (depois de Pokémon GO, bem explicado) é bem simples na verdade: utilizando redes neurais ele analisa a foto original e incorpora os filtros escolhidos pelo usuário, buscando o melhor resultado possível na hora de converter aquela sua selfie ou seu prato de comida (gatos, eu prefiro fotos com gatos) em uma adaptação livre de estilos de artistas consagrados.

Muitos são os homenageados no app, indo do estilo único de Pablo Picasso ao abstracionismo de Wassily Kandinsky, passando pela Roy Lichtenstein e sua pop-art inconfundível, clássicos de Edvard Munch (The Scream, do quadro homônimo) e Hokusai (Wave, que tenta recriar a obra A Grande Onda de Kanagawa), e culminando em homenagens a ilustradores como Hayao Miyazaki, no filtro Mononoke. E há muitos, muitos outros mais variados, inclusive um ligado à propaganda (da Palmolive, no caso).

Lançado em junho e após causar certo frisson na Rússia, o Prisma foi descoberto pelo resto do planeta e obviamente caiu nas graças dos usuários de iPhones. Tão logo fora lançado os desenvolvedores russos prometeram que o Android logo receberia uma versão, que foi enfim lançada no início desta semana. As funções são as mesmas: ele permite tirar uma foto ou escolher uma do acervo, e a intensidade dos filtros pode ser regulada à vontade pelo usuário. O Prisma possui integração com o Instagram e o Facebook mas também permite compartilhamento com outros apps, bem como salvar sua criação em seu smartphone.

O Prisma pode ser baixado no link a seguir e é compatível com Android a partir do 4.1 Jelly Bean. Divirtam-se enquanto a prometida função de vídeos artísticos não chega. 😉

Fonte: Google Play Store.

relacionados


Comentários