Home » Internet » Amazon Video já é a 3ª maior consumidora de banda nos EUA

Amazon Video já é a 3ª maior consumidora de banda nos EUA

Participação da Amazon no consumo de banda nos Estados Unidos triplicou de 2013 para cá; investimento em produções exclusivas seria o principal motivo

3 anos e meio atrás

the-man-in-the-high-castle

Não dá para discutir mais: hoje boa parte do tráfego de internet em todo o mundo vem do streaming de vídeo, tanto download quanto upload. Netflix e YouTube ainda são os líderes, mas a Amazon Video ao menos nos Estados Unidos está aos poucos consumindo cada vez mais banda: embora sua participação seja pequena de 2013 para cá ela mais do que triplicou.

Os dados são da Sandvine. No que diz respeito à upload de dados o BitTorrent ainda é o líder, com 18,37% do tráfego de dados mas o YouTube e a Netflix juntas respondem por 26,46%. Já no download a surra é homérica: ambos ficam com 52,68% da banda enquanto o software favorito dos usuários da Locadora responde por ridículos 1,73% em solo norte-americano. O Facebook, com 1,89% fica à frente dele.

Só que a Amazon Video do tio Jeff Bezos está crescendo aos poucos. Embora sua fatia do download de dados seja de apenas 4,26% o serviço já é o terceiro maior consumidor de banda nos EUA. Em 2013 ele respondia por apenas 1,31% ou seja, teve um crescimento considerável de lá para cá.

sandvine

O conteúdo exclusivo da Amazon Video como as séries O Homem no Castelo Alto (adaptada da obra de Philip K. Dick), Mozart in the Jungle e Transparent, entre outras ajuda e muito na decisão do público em assinar mais um serviço que não seja a Netflix para curtir suas produções favoritas. É claro que isso cria o desagradável cenário da balcanização: vários serviços separados com uma ou outra produção exclusiva que obrigam o espectador a manter diversas assinaturas, não sendo muito diferente dos tempos da TV.

De qualquer forma a Amazon está crescendo a olhos vistos e embora ainda fique bem atrás da Netflix e do YouTube, é fato que o interesse do público pelo serviço da lojinha do Bezos aumentou bastante nos últimos anos. E quem sabe, isso sirva para incentivar a empresa a lançar o Amazon Video em mais países, como o Brasil no futuro.

Fonte: Sandvine.

relacionados


Comentários