Gostou da Harley elétrica da Scarlett? Aguarde até 2021

harley-davidson-livewire

Eu admito, mordi a língua. Eu critiquei bastante a LiveWire, a moto elétrica da Harley-Davidson quando ela foi anunciada em 2014 mas convenhamos, num mercado em que os Teslas se tornam veículos cada vez mais atraentes e competitivos por que não um veículo de duas rodas também livre de combustíveis fósseis? E nem falo pela natureza (ela não está nem aí pra gente de qualquer forma), mas pela praticidade.

Só que se você curtiu a moto e deseja por as mãos em uma terá de esperar um bocado: a Harley só pretende lançá-la por volta de 2021.

Justiça seja feita a LiveWire ainda é um protótipo. Com autonomia de ridículos 85 km com carga total ela não pode sequer ser colocada ao lado de motos de passeio como a Honda Titan, que faz 46,5 km/litro de combustível. Embora ela não faça parte da linha custom, a mais famosa e icônica da HD as linhas arrojadas da LiveWire atraem quem gosta dos modelos como a Sportster. O silêncio do motor, eliminando o ronco que é marca registrada da Harley (é sério!) também não agradou muito.

De qualquer forma ela precisava de uma vitrine à altura para chamar a atenção dos consumidores. E a Harley encontrou na Marvel a parceira ideal para promover a LiveWire:

A cena da Viúva-Negra fazendo miséria com ela em A Era de Ultron empolgou e muito a plateia. Mais do que isso, o fato de ela estar pilotando uma motocicleta praticamente muda foi aceito porque “é a S.H.I.E.L.D., eles inventam esse tipo de coisa na pausa para o café”. A verdade é que toda a cena foi desenvolvida com a Harley-Davidson de olho muito de perto, para que a motoca tivesse uma boa projeção. E funcionou. A dublê Sarah Vignot, que pilotou a moto de verdade durante as filmagens gostou bastante dela.

Pena que a Marvel, burra que só ela podou a Scarlett na versão de brinquedo


Behind the Scenes: Harley-Davidson Project LiveWire in Marvel’s “Avengers: Age of Ultron”

Propaganda realizada, hora de sentar com a realidade e bater um papo. A Harley-Davidson sabe que a LiveWire tem potencial mas em sua atual configuração ela é meramente um brinquedo de gente rica. A montadora está trabalhando duro para estender sua autonomia a números mais aceitáveis, a fim de equipará-la com suas primas barulhentas movidas a gasolina. Isso posto a HD acredita que a versão final da motoca só ganhará as ruas em 2021.

Embora muitos amantes de motos e entusiastas ainda torçam o nariz para a LiveWire, a Harley-Davidson acredita que há sim um mercado consumidor cada vez mais interessado em veículos elétricos, e o sucesso avassalador do Model 3 da Tesla não deixa a menor dúvida disso. Logo, conseguir desenvolver uma bateria com carga realmente decente para os padrões de autonomia de uma motocicleta será o desafio que a montade se impôs a resolver dentro de cinco anos. Vamos aguardar.

Fonte: Autoblog.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples