Home » Games » Games para PC » Computex 2016 — confira as novidades da linha ASUS ROG

Computex 2016 — confira as novidades da linha ASUS ROG

ASUS apresenta uma série de novidades da linha ROG, voltada para o mercado gamer; desktop-conceito modular Avalon é o grande destaque

3 anos atrás

ASUS ROG Avalon, o PC modular conceitual

Não é só de smartphones e robozinhos esquisitos que a ASUS é feita; através da linha ROG (Republic of Gamers) ela investe pesado em desktops de altíssima performance para a Glorious PC Master Race, aqueles que possuem o desejo e principalmente o capital necessário para investirem em máquinas mais parrudas.

E ela novamente não fez feio, apresentado diversas novidades suculentas para a galera que gosta de jogar no PC com tudo no máximo. Vamos a elas:

untitled-3

ROG GX800

Comecemos pelo GX800, o sucessor do GX700 e referenciado pela ASUS como o notebook gamer mais poderoso do mundo. Também pudera, ele é equipado com duas GPUs nVidia em SLI para uma estupenda performance gráfica, sem mencionar a presença do processador Intel série K com clock de 4,4 GHz. O water cooler permite o uso de todo o potencial do notebook (overclock de CPU, GPU e RAM) tal qual o GX700, logo quem espera rodar Crysis 3 no Ultra nesta belezinha terá que acoplar o acessório, o que o torna menos que ideal em portabilidade.

Por fim, o GX800 possui teclado mecânico com LEDs multicoloridos que podem ser personalizados tecla por tecla de acordo com o gosto do usuário.

g31-e10

ROG G31 Edition 10

Este desktop compacto engana à primeira vista, mas suas entranhas impressionam. Novamente a ASUS afirma ter o hardware mais potente de sua categoria e com o G31 Edition 10 ela não economizou: ele ostenta nada menos que duas GPUs GeForce GTX 1080 da nVidia em SLI, sem falar na facilidade de overclock do processador Core i7 (provavelmente um 6700K) com apenas um clique.

Acompanham suculentos 64 GB de RAM, gravador de Blu-ray e dois slots M.2 para SSD. Uma senhora diminuta máquina para poucos.

rog-rampage-v-edition-10

ROG Rampage V Edition 10

Agora, se o seu negócio é partir para o “monte seu próprio desktop” como a maioria dos PC Gamers fazem, então talvez a nova placa-mãe Rampage V Edition 10 seja uma boa pedida. Compatível com o chipset X99 da Intel, ela conta com quatro slots PCIe x16, uma entrada U.2 para o novo padrão de SSDs, portas USB 3.1, uma USB Type-C e oito slots DDR4, tendo suporte para maravilhosos 128 GB de memória RAM.

Como é um produto para gamers, a Rampage V também traz tecnologias como suporte a áudio Hi-Fi SupremeFX, Dual Gigabit Ethernet da Intel combinada à GameFirst da ASUS para diminuir a latência, e slots PCIe reforçados para evitar danos no manuseio das placas gráficas.

rog-swift-pg248q

ROG Swift PG248Q

Monitores? Sim, por que não? O ROG Swift PG248Q é um display de 24 polegadas com resolução Full HD, e embora não suporte maiores resoluções ele já está pronto para a tecnologia G-SYNC da nVidia, suportando overclock na taxa de atualização para até 180 Hz, o que para jogadores que dependem de reações rápidas em jogos de precisão é um recurso muito bem-vindo.

untitled-7

ROG Strix GeForce GTX 1080

A versão da ASUS para a GTX 1080 já sai da caixa envenenada: a versão Standard possui clock base de 1.759 MHz e suporta overclock até 1.898 MHz, a colocando um pouco acima da Founders Edition da nVidia. Já a OC Edition possui clocks de 1.784 e 1.936 MHz respectivamente. Ambas vêm equipadas com a terceira geração do sistema proprietário de refrigeração Direct CU, possuem ajuste de velocidade nas ventoinhas, controles de iluminação como é de praxe na linha ROG, duas saídas HDMI 2.0, duas DisplayPort e uma DVI-D.

Esta possui preços: a Standard custará US$ 619,99 e a OC Edition, US$ 639,99.

untitled-4

ROG Avalon

Entretanto, talvez o anúncio mais chamativo da ROG é o Avalon, que nem é um produto finalizado e sim um conceito para computadores modulares. A ASUS está desenvolvendo uma solução compacta completa para facilitar o manuseio tanto por leigos quanto pela comunidade gamer, acostumados a sempre trocarem os componentes de seus desktops.

Tudo foi pensado de forma a transformar o upgrade em um experiência completamente Plug-and-Play. Os periféricos são dispostos em gavetas e os conectores proprietários fazem a mágica de anexar tudo à placa-mãe; todas as interfaces ficam na parte da frente do Avalon para facilitar ainda mais o processo. Além disso o painel traseiro não é mais fixo, podendo inclusive ser trocado de acordo com a necessidade do usuário.

asus-rog-avalon-io

Não há previsão de lançamento, a ASUS só demonstrou um gostinho do Avalon. A ideia é que ele dê as caras em 2017 e com certeza, sendo da linha ROG não sairá por dois tostões.

O Meio Bit viajou à Taipei para a Computex 2016 a convite da ASUS.

Leia também:

relacionados


Comentários