Home » Hardware e periféricos » Confira as novidades apresentadas no Google I/O 2016

Confira as novidades apresentadas no Google I/O 2016

Android N, Instant Apps, Google Assistant, Google Home… Mountain View trouxe uma série de novidades para o I/O 2016, vamos conferir as principais

3 anos atrás

google-i-o-2016

Nesta quarta-feira rolou o Google I/O, o tão esperado evento anual de Mountain View voltado para desenvolvedores que sempre traz uma cacetada de novidades. E desta vez não foi diferente, a empresa apresentou uma série de novos produtos e soluções e tirou o véu de seus projetos mais tradicionalmente esperados.

Vamos conferir as boas novas principais:

Google Assistant

O Google Assistant é uma evolução do Google Now, por assim dizer. Embora ainda não possua personalidade como a Siri ou a Cortana, ela agora é capaz de entender linguagem natural o suficiente para sustentar conversas simples e mais importante, ela é profundamente ligada à todos os serviços do Google, com o poderoso algoritmo de busca por trás.

google-assistant-002

Digamos que você deseja saber mais sobre um filme. Você pergunta para a Google Assistant e ela lhe dará exatamente o que você procura, desde avaliações a uma relação dos cinemas mais próximos em que ele está em cartaz. Resolveu assistir? Ótimo, a assistente se encarregará dela mesma comprar os ingressos e criar os alertas, tudo através da voz e sem abrir nenhum outro app sequer.

Google — Google App: OK, Google...

A ideia do Google é que a assistente inteligente gerencie todas as pesquisas de voz em uma miríade de dispositivos, de smartphones a tablets, passando por TVs e outros gadgets inteligentes. Só que para isso é necessário algo mais.

Google Home

É aí que o Google Home entra. O device é um hardware dedicado para a Google Assistant tal qual o Echo é o lar da Alexa, da Amazon. Só que diferente da assistente de Jeff Bezos, o Home possui todo o know-how de Mountain View por trás e é capaz de se conectar com uma série de aparelhos inteligentes, desde seus smartphones a suas TVs inteligentes (ou o Chromecast), bem como outros dispositivos voltados à Internet das Coisas como lâmpadas, termostatos (como o Nest), entre outras coisas como gerenciar suas tarefas do dia.

google-home

Ele é equipado com um poderoso alto-falante e uma vez conectado, a Google Assistant irá atuar como a verdadeira gerente da sua vida. Para quem jogou as mãos para o céu e deixou tudo na mão da gigante, que cuida de tudo melhor que nós mesmos o gadget é uma bênção.

O Google pretende lançar o Home durante o quarto trimestre deste ano. Desde já é um dispositivo que desejo muito ter em casa, embora tenha minhas dúvidas se ele sequer será lançado por aqui.

GolemDE — Google stellt Google Home vor (Google IO 2016)

Android N

Bem, é hora de falar do lançamento mais esperado. A nova versão do robozinho que ainda não possui data fixa de lançamento se focará em três principais características:

  • Produtividade: a tela de apps recentes manterá apenas os mais usados, e ao clicar duas vezes no botão ele alternará entre os dois utilizados por último. O Android N também trará um modo de multi janelas, para todos aqueles que fazem mil e duas coisas ao mesmo tempo e que desejam tal ferramenta, sem falar nos rumores de que ele poderá trazer um modo desktop. E por fim, um botão para fechar todos os apps de uma vez foi incorporado, ideal para se livrar de aplicativos rodando no background.

android-n-001

  • Segurança: a criptografia nativa finalmente está de volta. Introduzida no 5.0 Lollipop, ela foi logo desativada nos aparelhos lançados posteriormente à decisão já que ela estava causando uma série de bugs. O Chrome também foi blindado e passará a proteger melhor os dados de seus usuários, e enfim a Play Store agora realizará uma varredura geral de todo e qualquer app hospedado na lojinha, desde o momento em que é submetido. Não cumpriu com as exigências, é suspeito ou compartilha ferramentas que incentivem práticas ilegais (emuladores, estou olhando para vocês), fora.
  • Desempenho: a API Vulkan permitirá que os desenvolvedores tenham acesso mais profundo a nível de hardware sem lidar com linguagem de máquina, da mesma forma que o Metal faz com os processadores AX da Apple. A promessa é entregar perfomance de consoles de mesa em jogos e melhores gráficos em outros aplicativos. O novo compilador Java (linguagem esta que pode perder espaço em breve) reduz o tempo de instalação dos apps em 75% e o sistema está duas vezes mais rápido na hora de processá-los, graças a uma redução na quantidade de dados que precisam ser compilados por vez. E isso ainda reduz o consumo de energia.

No geral os apps ficarão mais inteligentes. O Hangouts por exemplo, assim como o WhatsApp permitirão mudança de status simplesmente deslizando o dedo pelos atalhos para cima ou para baixo, entre outros gestos.

android-n-002

O beta está disponível para dispositivos Nexus e a partir do segundo semestre deve chegar a mais Androids. E esqueçam a promoção sobre a escolha do nome do Android N, ela é apenas para fins de diversão e as sugestões sequer serão avaliadas.

allo-duo

Allo e Duo, duas novas formas de se comunicar

Vamos combinar, o Google é meio esquizofrênico quando o assunto são apps de comunicação. Embora o Orkut tenha sido uma boa ideia, o fato de ele ter sido monopolizado pelos brasileiros e indianos é motivo mais do que suficiente para ele ter sido um fracasso: de que adianta manter uma rede social que apenas dois países de um total de quase 190 usam?

De lá para cá nada emplacou. Buzz, Wave, Google+ falharam em cativar o usuário e o mais recente Spaces também gera dúvidas. O Hangouts, que substituiu o GTalk também não é uma unanimidade. Só que Mountain View ao invés de trabalhar com aquilo que já tem em mãos lança novos produtos. As bolas da vez são o Allo e o Duo.

O Allo é um Instant Messenger que une algumas das melhores características de seus concorrentes: ele é ágil como o WhatsApp e o Telegram (também funciona com base em seu número de celular), e deste empresta o conceito dos bots, mas ele é muito mais graças ao suporte do Google. O Allo é capaz de não só entender linguagem natural (na verdade é a Google Assistant de novo) como ele se integra com outros produtos da empresa. Digamos que no meio da conversa alguém fala em almoço e sugere um restaurante. Sem sair do app você poderá pesquisar os mais próximos e fazer reservas, tudo graças ao bot do app.

Ah sim, o Allo reconhece imagens e é capaz de fazer sugestões com base nelas. Não é uma boa ideia compartilhar nudes por ele pelo visto, embora ele conte com um modo de conversa protegida.

CNET — Say hello to Allo, Google's answer to Facebook Messenger

Já o Duo é um app para chamadas de vídeo, nos moldes do FaceTime. A grande diferença é a presença do recurso “knock-knock”, em que você poderá ver uma prévia da transmissão de quem está te ligando antes mesmo de atender a ligação. Isso é muito prático mas já prevejo uma série de acidentes com quem esquece que a câmera já está ligada.

https://www.youtube.com/watch?v=CIeMysX76pM

Google — Meet Duo, a new way to video call

Tanto o Allo quanto o Duo estarão disponíveis entre junho e setembro para Android e iOS. E sim, as conversas tanto em um quanto em outro são criptografadas de ponta a ponta. Foi mal FBI.

Daydream

Esta é uma nova plataforma de realidade virtual, que se baseará no Android N e fornecerá aos desenvolvedores e fabricantes as ferramentas necessárias para popularizar a tecnologia. Os produtos desenvolvidos deverão cumprir uma série de requisitos para serem compatíveis, e no momento parceiros como Samsung, LG, HTC e Xiaomi estão dentro. Eles poderão também desenvolver seus próprios headsets e não apenas se basearem no Cardboard, apenas que o novo Android terá todas as tecnologias necessárias.

daydream-reference

Desenho de referência do headset e do controle remoto, que funciona de forma similar ao Nintendo Wiimote

Ele é basicamente um Android para VR, se pensarmos bem. Ele é uma linha guia onde esses softwares rodarão e através dos novos hardwares, desde que as direções do Google sejam acatadas. Netflix, Hulu e IMAX também liberarão seus conteúdos para o Daydream e estúdios como EA e Ubisoft desenvolverão games para a plataforma.

Android Wear 2.0

O Google mexeu profundamente no sistema dos reloginhos espertos, e está dando um passo arriscado: ela quer que os dispositivos sejam inteligentes a ponto de não mais dependerem de um smartphone para funcionar.

O novo SO dará maior suporte a apps integrados e contará com novas funções de uso, como melhor desenvoltura na hora de rodar apps fitness e uma melhor abordagem para aplicativos de mensagens, oferecendo reconhecimento de voz, escrita e… um teclado.

android-wear-2-0

Eu não sei vocês, mas a ideia de digitar em uma tela do tamanho de um… bem, de um relógio me soa ridícula ao extremo.

Firebase

Por fim algo mais voltado aos devs. O Firebase, plataforma de desenvolvimento de apps adquirida há pouco tempo passará a integrar as soluções de nuvem do Google, absorvendo o Cloud Messaging e se conectando com outros como o Analytics, que poderá ser adicionado ao código-fonte dos apps, dessa forma as informações do usuário serão enviadas diretamente à plataforma.

Os desenvolvedores poderão configurar seus aplicativos para situações bem específicas. Por exemplo, uma compra realizada num app de compras dispara o sinal e envia a informação, dessa forma o Firebase será capaz de levantar dados de audiência por segmento de uma maneira bem simples. A ideia é promovê-lo como a plataforma mais indicada para desenvolvimento de apps.

Introducing Firebase: a unified app platform

Por fim, vale mencionar que o Google está preparando o lançamento dos Instant Apps, aplicativos que rodam no Android sem a necessidade de serem instalados, fazendo uso apenas de algumas instância pré-inseridas nos dispositivos, algo que já havia sido aventado no passado. Não obstante o Chrome OS receberá em breve a Play Store e será capaz de rodar apps do Android diretamente.

CNET — With Android Instant Apps, you can use a program without downloading it

E isso conclui o primeiro dia do Google I/O 2016. No decorrer da semana traremos mais novidades conforme Mountain View as anunciar.

relacionados


Comentários