YouTube passará a exibir ads de seis segundos obrigatórios, focando no usuário mobile

youtube

Em breve você irá consumir propagandas no YouTube que não poderá evitar. O Google introduzirá a partir do próximo mês um novo formato de ad de seis segundos de duração, que o espectador será impedido de pular. A ideia é focar no usuário mobile que possui planos mais limitados de dados e que nem sempre dispõe de ferramentas para driblar as propagandas.

Os motivos para a decisão do Google de introduzir spots curtos que não podem ser pulados no smartphone é simples: uma pesquisa encaminhada pela empresa mostrou que metade dos usuários entre 18 e 49 anos (ou seja, economicamente ativos) consomem o YouTube preferencialmente nos dispositivos móveis. Focar nos anúncios TrueView de 30 segundos, que podem ser pulados após os cinco iniciais (e que não contabilizam como vistos pelo algoritmo, apenas se exibidos na íntegra) não é vantajoso nesse formato, até porque esse perfil de consumidor gosta de agilidade e praticidade, sem falar que não pode se dar ao luxo de perder dados preciosos da franquia com propagandas longas.

Assim o Bumper Ad, o formato curto faz mais sucesso e geralmente é mais aceito pelos espectadores. Campanhas de alcance rápido e marketing de guerrilha poderão se beneficiar muito mais desse formato do que o TrueView, que a maioria dos usuários detesta e pula sem misericórdia. E é também mais tolerado do que o formato de 15 segundos que não pode ser pulado, que muitos consideram invasivo e longo demais.

Este exemplo da Coca-Cola será veiculado no Brasil:


Coca-Cola Brasil | Coca-Cola com Musica

O pagamento do AdSense será feito a todos os donos de conteúdo que monetizam seus vídeos por visualização, já que é impossível pular as propagandas. Isso pode representar um ganho considerável para muitos canais que não conseguem lucrar o suficiente porque os espectadores pulam os ads TrueView ou na pior das hipóteses, utilizam AdBlock. O foco no mobile por parte do Google também é uma consequência disso, assim como a criação do YouTube Red, o canal de conteúdo exclusivo mediante assinatura mensal.

Melhor para o Google, bom para os YouTubers e menos invasivo para o espectador mobile. É uma relação onde todos podem se beneficiar.

Fonte: Google.

Relacionados: , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples