Home » Games » Games para PC » Diretor fala sobre a possibilidade Final Fantasy XV sair para PC

Diretor fala sobre a possibilidade Final Fantasy XV sair para PC

Embora uma versão para PC do Final Fantasy XV nunca tenha sido anunciada, o diretor do jogo afirmou que na plataforma ele poderia entregar um jogo mais completo do que veremos nos consoles.

4 anos atrás

final-fantasy-15

Apesar de a Square Enix ter feito questão de dizer que o Final Fantasy XV só está sendo desenvolvido para PlayStation 4 e Xbox One sempre tive a impressão de que é apenas uma questão de tempo até que o jogo apareça no PC, seja pelos lançamentos recentes da franquia por lá, seja pelo simples fato de que a empresa não deixará de faturar uns dólares a mais atendendo esse público.

Eis que para reforçar um pouco essa minha desconfiança, o diretor Hajime Tabata concedeu uma entrevista ao site JeuxVideo e ao ser questionado sobre a possibilidade do título ser adaptador para o PC, ele deu uma resposta que considero bastante interessante.

Estou muito positivo em relação a ideia de desenvolver uma versão para PC, mas se possível eu gostaria de fazer um projeto diferente. A razão pela qual estou interessado é que uma versão para PC impulsionaria o jogo para outro nível técnico. Tenho em mente uma versão do Final Fantasy XV que seria tecnicamente mais desenvolvida. Essa versão poderia incorporar coisas que fomos forçados a abandonar por causa das limitações dos consoles. Com o PC, seria a oportunidade de lançar uma versão muito superior em termos de qualidade e tecnologia. Isso dito, se escolhermos desenvolver esse projeto, o desenvolvimento começará do zero ao fazermos uma pesquisa sobre qual seria a melhor tecnologia para usarmos. Poderia não ser uma adaptação simples da versão para consoles.

Existem alguns pontos que merecem se comentados aí. O primeiro deles é que se a equipe de Tabata realmente optar por seguir este caminho, o lançamento do Final Fantasy XV para PC poderá demorar muito mais do que a maioria dos jogadores estavam imaginando, mesmo porque o diretor já havia dito que a Square Enix não tem como trabalhar simultaneamente na produção para os computadores.

A outra é que se no PC o jogo for tão superior quanto o game designer dá a entender, aqueles que optarem por jogar nos consoles terão uma versão quase inacabada do projeto, com a maneira como a equipe o idealizou só chegando algum tempo depois nos computadores.

O curioso é que tal comentário por parte do diretor chega justamente depois dele afirmar que o título precisará vender 10 milhões de cópias para pagar seu desenvolvimento, mas se ele continuar jogando contra a própria produção desta maneira, desconfio que as vendas passarão bem longe disso.

Fonte: Nova Cyrstallis.

relacionados


Comentários