Home » Internet » Outro ano, outro mico de 1º de abril do Google

Outro ano, outro mico de 1º de abril do Google

De novo? Botão “drop the mic” do Gmail introduzido pelo Google de forma mal-feita causou uma tremenda confusão; teve gente que perdeu o emprego

4 anos atrás

drop-the-mic

O Google definitivamente precisa tomar mais cuidado com as brincadeiras de 1º de abril que apronta, porque pelo segundo ano consecutivo a empresa foi o centro de uma controvérsia por causa de uma ferramenta engraçadinha mal implementada. Depois do elgooG ter introduzido uma baita falha de segurança, foi a vez do “Drop the Mic” do Gmail.

A brincadeira em si era bem inocente, e por isso mesmo bastante perigosa se pararmos para pensar: um “update” introduzido no Gmail na última sexta-feira permitia ao usuário responder a um e-mail de uma forma definitiva com um “drop the mic”, aquela velha expressão em que você encerra uma discussão de forma que não é possível refutar. Fim de papo, 'nuff said, etc.

O botão adicionava o gif tirado do filme Minions acima, dando a ideia de que o mesmo encerrou sua participação na discussão e se retirou.

gmail-drop-the-mic

O problema está exatamente no ato de dizer “screw you guys, I'm going home”. A ferramenta do Google substituía a função “Enviar a arquivar” que ao ser disparada, o usuário não mais vizualiza as réplicas das outras pessoas. Desnecessário dizer que um monte de gente enviou a mensagem engraçadinha por engano (porque convenhamos, nada irrita mais outra pessoa hoje em dia do que um Minion) e para completar, bugs disparavam a ação mesmo ao enviar um e-mail normalmente.

Foi aí que o bicho pegou. Muita gente usa o Gmail para contatos profissionais e ao enviar o GIF achando estar contando uma boa piada, muitos deixaram de receber respostas importantes durante a sexta-feira. Pessoas perderam ofertas de emprego e comissões (o caso do escritor no tweet acima). Até mesmo a negociação de um funeral foi interrompida pelo Minion petulante.

Vendo da burrada que fez o Google removeu a função, mas o estrago já estava feito e sendo contabilizado. A desculpa oficial, publicada depois na postagem que introduziu o feature atesta para a coleção de presepadas dos desenvolvedores, desde não terem antecipado cliques acidentais como não ter oferecido uma opção para ligar ou desligar o botão, algo que deveria ter sido o passo mais óbvio para evitar toda essa confusão. Sobre o bug, o Google explicou que um usuário que clicou no botão antes de endereçar o e-mail a quem de direito iria enviar o gif após todos os preparativos serem concluídos e o botão Enviar tradicional fosse acionado.

De qualquer forma, é fato que o Google não só não dá sorte com o 1º de abril como na pressa de criar pegadinhas acabou fazendo com a sexta-feira não fosse tão divertida para muita gente. Nem todas as suas piadas são controversas ou dão errado, o Snoopavision por exemplo foi uma excelente sacada do YouTube. O importante é saber como fazer para que os usuários não acordem com mensagens de voz furiosas dizendo que perderam empregos por causa de uma piada mal implementada.

E isso encerra a questão.

colbert_mic_drop-52522

Fonte: Google.

relacionados


Comentários