Home » Games » Games para PC » I Am Setsuna, o RPG inspirado nos clássicos da Square

I Am Setsuna, o RPG inspirado nos clássicos da Square

Square Enix anuncia para os próximos meses o lançamento ocidental do I Am Setsuna, RPG que teve como inspiração o espetacular Chrono Trigger.

4 anos atrás

I-Am-Setsuna

Os RPGs evoluíram muito com o passar dos anos, principalmente quando se trata das batalhas que são travadas neles, mas apesar de muitos jogadores não sentirem saudade da época em que os confrontos aconteciam por turnos, a Square Enix acredita que ainda há espaço para títulos com essa característica.

pensando nisso a empresa japonesa decidiu criar um título que tivesse como inspiração algumas obras da “era de ouro dos RPGs”, mais precisamente o Chrono Trigger e para produzir o Project Setsuna eles até fundaram um novo estúdio, a Tokyo RPG Factory, de onde sairia o jogo que agora é conhecido como I Am Setsuna.

De acordo com o diretor Atsushi Hashimoto, o objetivo de sua equipe é prestar uma homenagem ao excelente RPG lançado originalmente para o Super Nintendo, especialmente ao seu sistema de batalhas que ficou conhecido como Active Time Battle, ou apenas ATB.

Essa foi uma das maiores razões de porque ele nos inspirou. A segunda razão é que você não vê muitos RPGs por aí no mercado que sejam sucessores espirituais do Chrono Trigger, mesmo por parte da Square Enix. É claro que isso é porque é muito raro ver algo tão memorável quanto o Chrono Trigger. E a terceira razão é por aquele título ser tão popular e adorado em todo o mundo.

Outra homenageada pelo I Am Setsuna será a série Final Fantasy, já que os itens e magias seguiram os nomes daqueles vistos na franquia criada por Hironobu Sakaguchi e embora Hashimoto tenha dito que eles poderiam ter criado novos nomes, preferiram seguir por este caminho para fazer com que o título fosse mais acessível aos antigos jogadores.

Quanto ao seu lançamento, a previsão é de que o RPG chegue ao ocidente durante o nosso verão, com versões para PlayStation 4 e PC. A parte triste da notícia é que ao contrário do que aconteceu no Japão, por aqui o PlayStation Vita não será atendido e o motivo para isso é que a equipe achou melhor focar em uma experiência mais imersiva oferecida por uma tela grande, além é claro do mercado do portátil ser muito menor que o das outras plataformas.

Apesar de ultimamente eu estar preferindo RPGs mais voltados para a ação, será interessante jogar algo um pouco mais tradicional e com fontes de inspiração tão fortes, eu definitivamente não estou disposto a fechar os olhos para este I Am Setsuna.

Kaiju Pop - I Am Setsuna (Ikenie to Yuki no Setsuna): First 90 Minutes

Fonte: Rock, Paper, Shotgun.

relacionados


Comentários