Home » Segurança » O typo que deu a hackers um prejuízo de quase US$ 1 bilhão

O typo que deu a hackers um prejuízo de quase US$ 1 bilhão

O crime não compensa: hackers que afanaram quase US$ 1 bilhão de um banco em Bangladesh perdem boa parte da grana por um typo na hora de transferi-la

3 anos atrás

irmaos-metralha

Imagem aproximada do grupo de hackers que perdeu a bolada

Tem casos em que só rindo mesmo da situação, porque nenhum outro tipo de comentário é o mais preciso. Acabamos de falar sobre os hackers competentes que a Norton tenta expor, mas como em todo ramo profissional existem os trapalhões, presepeiros e tapados em geral.

Foi o que aconteceu aqui: um grupo de cibercriminosos roubou uma bolada mas não levou a maior parte, tudo por causa de um simples typo.

O causo aconteceu em fevereiro. A quadrilha de hackers invadiu o banco central de Bangladesh e começou a fazer transferências volumosas para contas no Sri Lanka e nas Filipinas, utilizando uma rastreada até Federal Reserve de Nova Iorque. O golpe resultou num desvio de cerca de US$ 81 milhões, um dos maiores da história.

O problema é que esse valor é uma pequena fração do montante inicialmente planejado. Apenas quatro operações foram devidamente finalizadas enquanto as restantes tiveram alguns probleminhas: uma das transferências mal sucedidas, de US$ 20 milhões destinada à ONG chamada Shalika Foundation (que obviamente não existe) não foi processada porque o depositante declarou o beneficiário erroneamente, tendo digitado “Fandation” ao invés da forma correta.

Pois é, um reles typo custou muita bufunfa à quadrilha.

Ao todo operações girando entre US$ 850 milhões e US$ 870 milhões não foram finalizadas, até porque os federais dos Estados Unidos perceberam algo de muito errado ao ver operações com grandes transferências de dinheiro tendo instituições como destino e não bancos, o que seria mais aceitável. Os cerca de US$ 81 milhões transferidos com sucesso não foram recuperados e o grupo ainda não foi identificado, portanto não fosse o erro de digitação, mesmo que as autoridades percebessem o roubo eles seriam muito bem-sucedidos.

Autoridades de Bangladesh acreditam que a grana roubada tenha sido desviada para cassinos nas Filipinas. As chances de reaver o dinheiro são baixas, o procedimento pode levar meses. Ao mesmo tempo admitem que pegar os hackers é improvável, portanto eles só terão a si mesmos para culparem por terem deixado quase US$ 1 bilhão escapar por entre seus dedos.

Fonte: Reuters.

relacionados


Comentários