Home » Indústria » LTE Broadcast: primeira transmissão na América Latina mostra tecnologia que permite entrega simultânea de conteúdo

LTE Broadcast: primeira transmissão na América Latina mostra tecnologia que permite entrega simultânea de conteúdo

Fomos convidados pela Qualcomm para conhecer a tecnologia LTE Broadcast, na primeira transmissão da América Latina, realizada semana passada no Rio Open. Saiba mais sobre o LTE Broadcast no MB. #publi

4 anos atrás

Post publieditorial

lte_broadcast_qualcomm

A transmissão de vídeos deve usar 70% do tráfego móvel em 2018, e a tecnologia LTE Broadcast é uma forma eficiente e econômica de transmitir vídeos de uma forma massiva para múltiplos usuários, sem sobrecarregar a rede. Fomos convidados pela Qualcomm para conhecer a tecnologia, que permite a entrega de conteúdo de forma simultânea, e assistir a primeira transmissão em LTE Broadcast na América Latina no Rio Open, feita pela Claro e a NET em parceria com a Qualcomm, Ericsson, Globosat e Samsung.

A transmissão foi feita no app Claro Esportes (criado pela Movile), mostrando três câmeras exclusivas da quadra central do Rio Open, além da câmera principal com imagens geradas pelo canal SporTV. A transmissão do LTE Broadcast pode ser feita para uma região específica como o Rio Open, o Maracanã ou o Parque Olímpico, mas não tem necessariamente uma limitação geográfica, podendo ser usada para a transmissão de eventos como a Olimpíada para todo o Brasil e outras partes do mundo. Além da transmissão de vídeos, o LTE Broadcast também pode ser usado para enviar atualizações de software urgentes ou no envio de notícias importantes, entre outros usos.

O papel da Qualcomm no LTE Broadcast começou na concepção e na padronização da tecnologia, e depois na integração em seus processadores Snapdragon e na criação de um SDK para os desenvolvedores adaptarem seus apps de forma simples e rápida. Roberto Medeiros, Diretor de Desenvolvimento de Produtos da Qualcomm Brasil, diz que o “LTE Broadcast faz parte do guarda-chuva do LTE, com o 4G, que está evoluindo para 5G, ou seja, está em permanente evolução”.

O middleware da Qualcomm é um software que roda em cima dos processadores Snapdragon, e pode ser instalado em um update, dependendo do modelo. O LTE Broadcast foi demonstrado em dois aparelhos da Samsung, o S5 e o S6, equipados com processadores Snapdragon e Exynos.

Eu adorei conhecer pessoalmente a LTE Broadcast e vou gostar ainda mais de viver nesse futuro próximo no qual vou poder assistir a um jogo no Maracanã enquanto vejo replays e outros ângulos das jogadas no meu smartphone. Aliás, nada impede que eu assista os jogos dos adversários que estão disputando a liderança com o meu time. A Claro ainda não informou como e quanto irá cobrar por esta entrega de conteúdo, mas fica a torcida para que a operadora ofereça isto sem custo para seus assinantes.

Se você é desenvolvedor, clique aqui para fazer o download do SDK do LTE Broadcast, ou aqui para fazer o download de uma apresentação sobre a tecnologia.


Este post é parte de uma campanha da Qualcomm, mas as opiniões como sempre são nossas.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários