MWC 2016 — HP Elite x3, um Windows 10 Mobile de respeito

hp-elite-x3-001

Dados os poucos parceiros de Redmond, muitas vezes a gente acaba esquecendo que a Microsoft não é a única fabricante de smartphones Windows. A HP aproveitou a MWC 2016 para lembrar todo mundo disso ao introduzir o Elite x3, considerado até o momento o mais poderoso dispositivo a rodar o sistema móvel de Redmond.

O Elite x3 é um foblet que impõe respeito. Seu acabamento em policarbonato com detalhes em alumínio, principalmente na base o deixam bem bonito e mantém a identidade com os modelos da linha Lumia, algo que a JIP não seguiu muito com seu VAIO Phone Biz. Por baixo do capô só coisa fina: SoC Snapdragon 820, quad-core com dois núcleos de 2,15 GHz, dois de 1,6 GHz e GPU Adreno 530, display de 5,96 polegadas com resolução Quad HD (493 ppi) e vidro Corning Gorilla Glass 4, 4 GB de RAM, 64 GB de espaço interno (expansível via Micro-SD até 200 GB), câmera principal de 16 megapixels com autofoco, Flash LED, HDR e que filma em 1080 a 30 fps, câmera selfie de 8 MP, redes 4G/LTE, Bluetooth 4.1, GPS, GLONASS e NFC e uma generosa bateria de 4.150 mAh (removível, vejam vocês). E claro, Windows 10 Mobile com suporte a Cortana, Office 365, OneDrive e Continuum.

hp-elite-x3-002

O HP destaca o cuidado dado ao som: o Elite x3 é equipado com um conjunto estéreo da Bang & Olufsen, para reproduzir músicas em alta qualidade como é característica da marca. A entrada de dados/energia é uma porta USB 3.1 Type-C reversível, que está se tornando padrão aos pouquinhos.

hp-desk-dock-001

hp-desk-dock-002

Porém o que realmente chama a atenção são os acessórios: primeiro temos a HP Desk Dock, que dá suporte ao Continuum ao smartphone e oferece uma porta Ethernet, duas portas USB 3.0, um conector USB Type-C e um conector DisplayPort. Nada mal mas até aí nada surpreendente.

hp-mobile-extender

A coisa muda de figura com o Mobile Extender, que é um notebook sem processador, RAM ou armazenamento interno que depende do Elite x3 para funcionar, ideal para aqueles que não querem adquirir mouse, teclado e monitor separadamente, com a vantagem de ser portátil.

Ele é equipado com um display de 12,5″ Full HD, saída para fones de ouvido, três portas USB 3.1 Type-C e uma Micro-HDMI. Completam o kit uma bateria de quatro células de 45 W e 46,5 Wh. Segundo a HP a bateria do Mobile Extender dura um dia de uso moderado. A fabricante garante que comprar o kit sairá muito mais em conta do que adquirir um Elite x3 e periféricos separadamente. E estou inclinado a concordar com ela.

HP Business — The HP Elite x3 – A revolution in mobility

A HP não divulgou preços ou datas de lançamento; acredita-se que o Elite x3 e seus acessórios cheguem às lojas de mercados selecionados em junho.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar