Home » Mercado » Ainda há esperança para o Windows Phone… no Brasil

Ainda há esperança para o Windows Phone… no Brasil

Há esperança: segundo a Kantar, no último trimestre de 2015 o Windows Phone vendeu bem mais que iPhone no Brasil.

4 anos atrás

Laguna_Lumia_950_W10M

Lumia 950, um dos poucos aparelhos com Windows 10 Mobile (crédito: Engadget)

O tio Laguna ficou muito triste ao ter de fazer aquele texto sobre a delicada situação atual do Windows Phone. Pesquisando um pouco, talvez a situação do sistema operacional mobile da Microsoft não seja tão ruim assim: há esperança. Ao menos no Brasil.

Laguna_Smartphone_Market_Share_Q4_2015

Apple perdeu para a Microsoft… no Brasil (crédito: Kantar Worldpanel)

O iPhone brasileiro deixou de ser o mais caro do mundo (thanks Turquia), mas isso não adiantou: os smartphones da Apple venderam menos no último trimestre de 2015. Graças ao tropeço da Apple no país, a Microsoft aqui pôde respirar um pouco em tal período analisado pela Kantar.

Assim tivemos a seguinte situação:

MERCADO MOBILE BRASILEIRO (segundo a Kantar Worldpanel)
Período →
Sistema ↓
T4 (outubro a dezembro de) 2014T4 (outubro a dezembro de) 2015
Android89%91,8%
Windows Phone4%5,1%
iOS5,5%2,8%
Outros sistemas1,4%0,2%

·
Podemos traduzir os números do mercado formal como: o povo prefere Android, no geral comprando menos smartphones com outros sistemas. E caso queiram ostentar iPhone, compram de fora mesmo. Com isso, temos mais gente aqui no Brasil experimentando Windows Phone, seja por péssimas experiências passadas com Androids low-end, seja recebendo Lumia de presente (Dia das Crianças e Natal).

Lembrando que o fato de o Windows Phone ter sido mais vendido em um trimestre não significa dizer que sua base instalada é maior que a da Apple no Brasil. Sad but true.

Enquanto isso, no mundo civilizado…

Laguna_OS_Market_Share_Jan16

Mercado mobile na China e EUA

…o Windows Phone é basicamente erro estatístico, como o Linux no desktop. Já foi melhor.

Aliás, saindo da Microsoft, não à toa a Apple esteja a investir tanto na China: embora represente pouco mais que um quarto dos aparelhos vendidos no país do meio durante o último trimestre de 2015, o tamanho daquele mercado fez esse número de iPhones chegar muito perto daquele que representou quase 40% de mercado que a Maçã de Cupertino teve nos Estados Unidos, no mesmo período analisado. E temos o Android sempre na liderança. Relembrando que essas participações de mercado trimestrais não representam a base instalada total.

Espero que o Surface Phone chegue logo!

Fonte: Kantar Worldpanel.

relacionados


Comentários