Home » Mercado » Galaxy S7 e S7 Edge voltarão a contar com entrada Micro-SD

Galaxy S7 e S7 Edge voltarão a contar com entrada Micro-SD

Contatos internos da Samsung afirmam que o Galaxy S7 e o S7 Edge voltarão a contar com recursos abandonados na linha S6, como entrada para cartão Micro-SD

4 anos atrás

galaxy-s6-and-s6-edge

Ausência da entrada Micro-SD na linha S6 e no Note 5 não agradou os consumidores

O anúncio dos novos tops de linha Samsung, o Galaxy S7 e o S7 Edge se aproxima, e como é de costume os rumores começam a se acumular. Um deles entretanto é bem interessante: de acordo com fontes confiáveis os novos aparelhos poderão voltar a contar com recursos que foram eliminados na última geração, como a certificação IP e principalmente a entrada para cartões Micro-SD.

Quando a Samsung decidiu eliminar a porta em 2015, movimento esse que se repetiu com o Note 5 e o S6 Edge+ muita gente chiou. A decisão de oferecer umdispositivo “com características permium” para se aproximar mais do iPhone resultou em reclamação geral, principalmente devido o fato de que seus smartphones possuem um sério problema de gerenciamento de espaço por causa do comilão TouchWiz.

Espaço extra nunca é demais, e a Samsung prefere deixar seus consumidores mais contentes desta vez: a entrada seria de acordo com os rumores compatíveis com cartões de até 200 GB, ideal para quem carrega muitos dados em seus dispositivos móveis. Outro recurso que estaria de volta é a certificação IP67, que o tornará resistente a poeira e mergulhinhos.

De teatro já tínhamos visto em outros rumores: displays Super AMOLED planos e curvos nas laterais de 5,1 polegadas com resolução Quad HD, baterias de 3.000 mAh para o S7 e de 3.600 mAh para o S7 Edge, SoC Exynos Octa 8890, com quatro núcleos de 2,3 GHz e quatro de 1,6 GHz, 4 GB de RAM, versões de 32 e 64 GB e espaço interno, câmera principal de 12 megapixels com abertura f/1,7 (contra 16 MP e f/1,9 do S6) e Android 6.0 Marshmallow.

De qualquer forma teremos que esperar mais algumas semanas para saber o que a Samsung planeja, e se desta vez ela fará um trabalho melhor do que a linha 2015 até para recuperar o fôlego perdido.

Fonte: Venture Beat.

relacionados


Comentários