Home » Games » Starbreeze abrirá arcade de realidade virtual nos EUA

Starbreeze abrirá arcade de realidade virtual nos EUA

Criadora da série Payday, Stabreeze anuncia a criação de uma loja nos Estados Unidos que funcionará no estilo de um fliperama e que será dedicada aos jogos e dispositivos de realidade virtual.

4 anos atrás

starvr

Quem aí lembra dos fliperamas? Pois é, tirando aquelas lojas encontradas em um ou outro shopping, infelizmente esses estabelecimentos ficaram apenas na lembrança, mas a Starbreeze AB acredita que ainda exista espaço para eles lá nos Estados Unidos e a maneira como a criadora dos jogos Brothers: The Tale of Two Sons e Payday tentará chamar a atenção dos jogadores será usando a nova queridinha da indústria, a realidade virtual.

Com o nome de Project StarCade, a iniciativa da desenvolvedora sueca está prevista para abrir em Los Angeles em algum dia do nosso outono e de acordo com os idealizadores do projeto, a ideia é levar ao maior número possível de pessoas uma experiência de ponta usando a realidade virtual, o que me faz lembrar que era exatamente isso o que os antigos arcades faziam.

Embora possa parecer estranho um estúdio de games se aventurando por esse campo, vale lembrar que a Starbreeze está trabalhando no seu próprio head-mounted display, o StarVR, além de estar desenvolvendo um jogo em primeira pessoa baseado na franquia The Walking Dead e que evidentemente será compatível com esse tipo de dispositivo, mas que só deverá ser lançado no segundo semestre do ano que vem.

Continuaremos iterando o fato de que a RV realmente precisa ser experimentada pessoalmente para podermos apreciar totalmente esse fenômeno e porque não ter sua primeira experiência premium com o nosso headset StarVR?” questionou o diretor de tecnologia da empresa, Emmanuel Marquez. “Conseguimos garantir uma localização privilegiada onde as pessoas serão bem-vindas para entrar no StarCade e apreciar nossa experiência do Overkill’s The Walking Dead VR.

Ainda segundo o executivo, embora eles estejam desenvolvendo outros games para serem jogados no local, existe a possibilidade de que títulos de outras empresas estejam disponíveis, o que poderá ajudar a fazer com que toda a indústria torne a realidade virtual uma tecnologia realmente confiável.

Mesmo sendo um tanto arriscada, considero interessante essa postura de uma desenvolvedora se arriscando por um mercado bem diferente daquele em que ela está habituada, mas o próprio faturamento da companhia mostra que eles ainda dependem muito dos seus jogos, já que dos US$ 8,4 milhões arrecadados no ano passado, apenas cerca de US$ 100 mil não vieram da franquia Payday.

Fonte: Starbreeze.

relacionados


Comentários