Home » Mobile » Habemus VLC no Chrome OS

Habemus VLC no Chrome OS

Comemorem donos de Chromebooks: o VLC, o player de mídia mais democrático que existe agora é compatível com Chrome OS

3 anos e meio atrás

vlc-chrome-os

O VLC é sem dúvidas o mais versátil, simples e completo player de mídia do mercado. Lançado numa época em que vivíamos um pesadelo democrático, onde quase cada vídeo ou áudio disponível possuía um CODEC, container ou formato próprio, a solução da VideoLAN incorporou tudo no código. Assim, vídeos em MP4, AVI, OGG, FLV, 3GP, MKV, AVAIANADEPAU, DIVX, CCCP, M4V, WMV, MP3, VAW, FLAC e tantos outros passaram a ser reconhecidos nativamente. Adeus um player para cada caso, adeus Media Player Classic e seus inúmeros pacotes de codecs. Ele roda vídeos até em formato .BAT, quem faz isso?

Antes de se tornar mainstream o VLC era o favorito dos nerds, circulava nas mãos dos universitários e era querido por eles até por princípios, já que a história de porque o símbolo do programa é um cone de trânsito é impagável. Hoje ele roda em Windows (x86 ou via Windows Store), Mac, Linux, BSD, Solaris, QNX, OS/2, Syllable, iOS, Android, Windows Phone e se bobear até em cafeteira e em computador de batata. Mas faltava o Chrome OS, o sistema operacional do Google presente nos Chromebooks, que estão se tornando cada vez mais populares.

Então, faltava.

Jean-baptiste Kempf, fundador da VideoLAN divulgou em seu blog o lançamento oficial da versão do VLC para o Chrome OS, que é tão poderoso quanto as versões presentes em outros SOs. Ele roda absolutamente tudo, inclusive arquivos .ISO. Ele também é compatível com uma série de formatos de áudio, suporta playlists, executa legendas, roda streaming local e da web, pacote completo mesmo.

Se você roda o Chrome OS e gostaria de testar o VLC, baixe-o aqui. Mas saiba de antemão: ele foi testado em máquinas de ponta como o Pixel e o HP Chromebook 14, portanto problemas de performance em dispositivos mais humildes podem ocorrer. De minha parte falta só o Chromecast, compatibilidade prometida lá atrás mas que até agora nada. Oficialmente a VideoLAN está trabalhando no recurso, mas não há datas nem nada prometido.

relacionados


Comentários