Home » Mobile » Japão declara guerra aos drones xeretas: “temos que capturá-los!”

Japão declara guerra aos drones xeretas: “temos que capturá-los!”

O governo japonês declara guerra aos drones ilegais e forma o primeiro esquadrão anti-drones, formado por dez hexacópteros com enormes redes para capturar drones ilegais em voo!

4 anos atrás

Laguna_Drone_vs_Girl_privacy_invasion

Cuidado, invasão de privacidade é crime (crédito: CF)

Lá na civilização, assim como Star Wars, os drones são uma febre: pintam muros, os maiores combatem incêndios e outros até ajudam na cobertura jornalística dos conflitos. Além de projetos no Kickstarter, empresas como Amazon e GoPro investem nesses objetos voadores.

Assim como toda novidade, os drones têm sido usados também para o mal: você não pode nem tomar um banho de sol em paz, pois pode acabar sendo surpreendido por uma dessas máquinas xeretas. Contra esses xeretas, surgiram diversos inimigos: os noivos, as águias, a falta de atenção e As Leis.

Dura lex, sed lex: as obedece quem tem juízo. Contra quem não tem juízo, o que os governos podem fazer?

Laguna_Drone_Net

Pegue o pombo! (crédito: Ars Technica UK)

O governo japonês, por exemplo, limita o uso de drones nas áreas residenciais, densamente povoadas: em Tōkyō, a lei proíbe os drones civis que tenham massa maior que 200 gramas e/ou sobrevoem a cidade acima dos 150 metros de altitude. Vai que cai na cabeça de alguém ou mesmo entre numa turbina de avião ou helicóptero.

Além disso, os entusiastas (otakus e outros tarados) precisam ter licença para uso dos drones maiores e/ou acima da altitude permitida, isso fora da área urbana: tal licença é concedida pelo respectivo ministério após dez dias úteis e bem antes da compra de um aparelho desses. Quem violar a lei japonesa contra drones, será multado em no mínimo ¥ 500.000, o que dá em torno das £ 2.800 (US$ 4.000).

Mesmo se tratando de um país civilizado, há sempre terroristas e algum tarado sem-noção que insiste. Para esses casos, os japoneses formarão um esquadrão relâmpago de drones caça-drones.

時事通信社/JIJIPRESS • 警視庁、迎撃ドローン運用開始へ=全国初、網使い空中で捕獲

Aparentemente trata-se de um hexacóptero DJI, modelo Spreading Wings 900, que carrega consigo uma enorme rede de 3 × 2 metros. Não é algo tão sofisticado quanto o canhão anti-drone gringo ou o desestabilizador sul-coreano, mas aparentemente funciona.

Embora o tio Laguna tenha citado apenas invasão de privacidade, atualmente há um perigo ainda mais letal: terroristas poderiam usar drones carregando substâncias radioativas para contaminar governantes. De início, o governo japonês terá dez drones à serviço. Com o ISIS à solta por aí, acho pouco.

Fonte: Engadget.

Leia também:

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários