Johnny Earl e o estranho sucesso da startup Johnny Cupcakes

Nick_Johnny_Earl_INCmty_2015_peq

Johnny Earl é um empreendedor bem diferente do que estamos acostumados. Apesar de sua startup se chamar Johnny Cupcakes, este não é o seu nome, como muitos pensam. Johnny começou bem cedo, determinado a trabalhar sozinho sem ter que depender de um emprego. Seu principal motivador era encontrar algo que pudesse fazer sem ter que passar tanto tempo longe da sua família, já que quando ele era criança, seus pais tinham que trabalhar muito e passavam um bom tempo no trânsito tentando voltar para casa.

Johnny contou que gosta muito da frase: faça mais do que te faz feliz. Ele sabe que é uma frase simples, mas é muito importante. Antes dos 16 anos já tinha criado 16 negócios, e o seu primeiro trabalho foi vender coisas na garagem de sua casa quando seus pais estavam viajando e limpou a neve do quintal de seus vizinhos: eu sabia que não iria limpar neve para sempre, mas muitas vezes estes empregos funcionam como uma plataforma para algo melhor, basta que você aprenda algo com aquela experiência para aplicar em outra coisa no futuro.

Johnny passou a fazer mágicas e ganhar dinheiro com isto, algo que ele gostava muito, pois além de render dinheiro trazia alegria para outras pessoas. Seu próximo passo foi criar o livro do ano da sua escola, algo que rendeu muito dinheiro e que ele conseguiu vender antes mesmo de ter o produto pronto, apenas um protótipo. Isto é algo que todos vocês podem fazer, começar algo sem nenhuma verba, fazendo uma pré-venda, um risco calculado que pode dar certo em qualquer negócio. Ele conseguiu vender 100 livros de 20 dólares cada, ganhando US$ 2.000. A escola viu que a brincadeira podia ser lucrativa, e resolveu fazer seu próprio livro do ano, então Johnny teve que encontrar outra coisa para vender.

Quando descobriu que algumas empresas vendiam balas no atacado, começou a ganhar dinheiro vendendo doces para os seus amigos na escola: comece com as pessoas que você conhece, e depois expanda, pois é aí que a mágica acontece. Johnny recomenda que você olhe nos olhos dos seus clientes, tenha um aperto de mão firme e sobretudo, cuide do seu hálito, pois não adianta nada ter uma ideia de 1 milhão de dólares, e quando você for apresentá-la, o investidor em potencial só ficar pensando no seu bafo.

Depois das balas, ele resolveu vender pegadinhas que comprava em catálogos, mas isto não foi muito bem visto na sua escola. Johnny era de uma banda, então investiu US$ 130 em uma máquina de fazer bottons que ele podia vender em shows e em eventos esportivos. Ele tinha um sócio que tinha um computador melhor que o dele e era bom de design, mas ele arrumou uma namorada, e desistiu do negócio. Johnny decidiu então que iria abdicar do seu tempo livre, de sair e de namorar até conseguir alcançar o sucesso: o seu tempo é o que você tem de mais precioso. Quanto mais você investir no seu negócio, mais terá. Use seu tempo em algo pelo qual você tem paixão, pois isto é o que você sabe fazer de melhor.

Johnny passou então a frequentar lojas de tecidos, e comprar cobertores que ele cortava com um cortador de pizza e transformava em vários cachecóis, lucrando bastante no processo, o problema é que quando o verão chegou, ninguém queria mais comprar seus produtos: mesmo falhando, eu me mantive positivo. É importante aprender com suas próprias experiências. Você nunca é muito jovem ou muito velho para aprender.

Johnny Cupcakes

Seu próximo emprego foi em uma loja que vendia camisetas, onde ele finalmente encontrou seu destino. Seus amigos de trabalho costumavam dar apelidos aleatórios para ele, e um deles foi Johnny Cupcakes. Ele gostou do nome e o imprimiu em uma camiseta com a marca do cupcake em uma bandeira de pirata, e então, algo aconteceu. Todos passaram a perguntar o que era aquilo, e se ele tinha mais camisetas para vender.

Johnny começou a vender suas camisetas em seu horário de almoço, e logo percebeu que tinha um negócio nas mãos. Para ele, tudo que existe no mundo já foi feito antes, então quando você estiver começando uma empresa, é importante pensar no que pode destacar o seu projeto: encontre pelo menos 12 maneiras de diferenciar o seu negócio dos outros.

Ele começou a produzir camisetas que trocavam detalhes de imagens famosas de cultura pop por cupcakes, e o negócio começou a dar certo, e ele logo abriu sua primeira loja. A estratégia era ser sempre criativo, assim Johnny criou uma camiseta de café da manhã que ele só vendia durante a hora do café, e com a qual ele oferecia um café de verdade. Outra camiseta inspirada em “Onde está Wally?” não é vendida nas lojas, só pode ser comprada por pessoas que o encontrem na rua, como se fosse uma gincana.

Johnny também frequentava feiras em Las Vegas, onde vendia suas camisetas, e recomenda muito a experiência: viajar é muito inspirador, não importa para onde. Saiam do seu círculo, conheçam novas pessoas, façam contatos, pois isto pode te ajudar a descobrir qual é a sua paixão. Com estas viagens, ele conseguiu fechar contatos para vender suas camisetas em outros países.

A marca cresceu, e Johnny passou a receber pedidos inusitados, como parcerias com escolas dos Estados Unidos, nas quais trocava a mascote por um cupcake. Algumas bandas famosas começaram a usar suas camisetas, e a aparecer em matérias vestidas com elas, e assim, ele conseguia publicidade de graça.

Os donos dos direitos de imagem de Marilyn Monroe o procuraram para uma parceria, e a empresa criou uma camiseta com o rosto de Marilyn com um cupcake no lugar da sua famosa pinta. Ele fez uma parceria com a Sanrio para lançar camisetas da Hello Kitty com cupcakes, com a Nickelodeon para camisetas das Tartarugas Ninja e muito mais.

Nick_Johnny_Cupcakes_Startup_peq

Nas palavras de Johnny: o pensamento criativo deve ser usado em cada trabalho, e muito mais do que o design, o que importa mesmo é a experiência do cliente. Se você quer chamar a atenção de alguém, precisa ser criativo. Seguindo esta linha de pensamento, ele colocou funcionários fantasiados como as Tartarugas Ninja para vender as camisetas nas lojas, e em uma parceria com a FOX para lançar camisetas d’Os Simpsons, vestiu a sua mãe de Marge Simpson para receber os clientes.

Johnny acredita que as coisas estranhas fazem sucesso, e que as pessoas amam novas experiências, e assim, a empresa investe muito em embalagens, que muitas vezes não são jogadas fora depois da compra: embalagens podem fazer ou quebrar um negócio. Uma embalagem criativa pode destacar sua empresa dos seus concorrentes e também podem ganhar destaques em blogs, o que significa propaganda grátis.

Johnny lançou embalagens que pareciam sorvetes, e eram vendidas em caminhões de sorvete alugados pela empresa. No Halloween, decidiu decorar suas lojas com o tema, com direito a vendedores fantasiados de zumbis e ele próprio dentro de um caixão: quanto mais estranho, mais as pessoas irão falar sobre isto nas redes sociais. A empresa também envia balas, acessórios e até pilhas em suas embalagens de pedidos online, tudo para conquistar ainda mais os clientes. Johnny dá uma atenção especial a cada detalhe, e muitas vezes escreve pessoalmente bilhetes nas embalagens agradecendo aos seus clientes: uma mensagem escrita neste mundo digital vale muito. Seja leal com os seus clientes, e eles serão leais a você.

Com o sucesso, Johnny começou a diversificar mais o seu negócio, abrindo lojas temporárias, as pop-up shops, incluindo uma em Londres durante os Jogos Olímpicos de 2012, que fez muito sucesso. As lojas da Johnny Cupcakes parecem ser realmente de cupcakes, com geladeiras, fornos e acessórios de confeitaria, e muitas vezes ele recebe clientes que ficam revoltados ao perceber que na verdade eles vendem camisetas. Em um primeiro de abril, eles resolveram vender cupcakes de verdade, o que deixou clientes tradicionais bem chateados.

Ele também explicou o motivo de sua marca ter um mascote, o Big Kid, um simpático boneco obeso que é vendido na loja em uma embalagem que simula uma balança: quando fui ao Japão, percebi que lá todas as empresas tem seu próprio mascote. Faça de si mesmo a sua marca e fuja do convencional, recomenda. Johnny recomenda que você use sua criatividade e invista em um cartão de visitas que chame a atenção, ele é uma extensão da sua personalidade: se você gastar alguns dólares a mais, pode vender dezenas de milhares de dólares em produtos.

Johnny valoriza um bom ambiente de trabalho, e recomenda a todos que coloquem mais humor em sua vida, montando um time capaz de trabalhar com alegria e satisfação todos os dias: poder ir e voltar do trabalho com um sorriso no rosto é algo que não tem preço. Quando você faz algo que você ama, você vai trabalhar mais, irá virar noites e acabará fazendo mais sucesso.

Ele contratou sua irmã, vários de seus amigos, um vizinho e até mesmo a sua mãe, que hoje é CFO da empresa, e recomenda: procure se cercar de pessoas que você gosta, e aprenda a delegar tarefas. É impossível fazer tudo sozinho. Eu não estaria aqui se não fosse a minha equipe.

Nem todas as suas experiências dão certo, mas ele valoriza cada fracasso: eu falho todos os dias, mas é assim que aprendemos. Você aprende mais com suas falhas do que com seus sucessos, pois quando você erra, você nunca mais vai esquecer daquela experiência.

Muitos dizem que ele tem sorte, mas ele garante que isto não tem nenhuma relação com o sucesso da Johnny Cupcakes: eu sou apenas uma pessoa que não tem medo de errar. Crie tempo para suas ideias, e não tenha receio de falhar. Para mim, o grande sucesso é ser feliz, e fazer o que você ama.

Leia também:

Relacionados: , , ,

Autor: Nick Ellis

Nick Ellis é autor do Meio Bit, Digital Drops e Blog de Brinquedo.

Compartilhar