Home » Engenharia » Relaxem Mulders, nada para se alarmar é apenas um míssil nuclear

Relaxem Mulders, nada para se alarmar é apenas um míssil nuclear

Você viu que incrível o UFO inexplicável de ontem? Aliens, só pode se… — nah, você lê o MeioBit, sabe que a gente é melhor que essas porteiras caça-níqueis. Foi um simples míssil nuclear, clique e veja como ele gerou aquele lindo efeito…

4 anos atrás

8f3753727-1

Ontem as interwebs pegaram fogo, uma série de vídeos mostrando um estranho fenômeno no céu da Califórnia assustou um monte de gente. Real foi, a melhor prova são as toneladas de videos em qualidades e localidades diferentes.

Um objeto que parecia um meteoro cruzou o céu, lentamente, lento demais então começou a crescer, como se estivesse abrindo um portal interdimensional. Não se ouvia ruído algum. Veja:

Julien Solomita — MASSIVE BLUE UFO OVER LOS ANGELES 11-7-15 [HD]

Assustador, não?

Não. O efeito é bonito mas não inesperado. O culpado foi um submarino na costa da Califórnia, fazendo exercícios de rotina com um míssil nuclear Trident D5, este brinquedo aqui, o da esquerda:

WMUS_Trident_C4_and_D5_pic

Produzido no começo dos Anos 80 o Trident D5 tem 13 metros, um alcance de mais de 12 mil km e carrega até 14 ogivas independentes de 475 quilotons cada, pra quando você quer definitivamente absolutamente completamente estragar o dia de alguém. A precisão é de 90 metros.

O Trident foi lançado, desarmado é claro e visto por um monte de gente, não só em Los Angeles mas em toda a Califórnia, e outros Estados.

Ah mas isso não é um foguete

É sim, Von Braun. Duas coisas te confundiram. Primeiro, a falta de ponto de referência, não dá para saber se ele está subindo reto, descendo ou subindo em direção a você e aparentemente caindo. Sem noção de distância também não dá para estimar velocidade. Olhe pra Lua, parece que está se movendo a 1 km/s?

Ah mas e o portal interdimensional?

Não foi um portal, são apenas os gases de exaustão do míssil iluminados pelo Sol.

Mas estava de noite!

Sem relembrar a história da Missão Espacial Portuguesa para pousar no Sol, aviso: não existe dia ou noite no espaço, o que existe é sombra. Quando é noite em uma parte da Terra significa que giramos para o lado oposto do Sol, mas a luz dele continua existindo, por isso vemos a Lua e o resto dos planetas.

Earth Science

O que aconteceu no caso do UFO é que estava no começo da noite, o foguete subiu até uma altitude onde a curvatura da Terra não tapava mais o Sol, veja neste infográfico altamente sofisticado:

graficuzinho

Enquanto o foguete está oculto pela curvatura da Terra você só vê a iluminação gerada pelo motor. No momento em que ele sobe o bastante, passa a ser iluminado pelo Sol. Esse fenômeno é presenciado todo dia por quem vive no alto de montanhas, final do dia ainda há luz mas nos vales a noite já caiu.

O mais fantástico do “UFO” de ontem é que a internet como sempre chilica desesperadamente mas não tem um pingo de memória. Um monte de gente desesperada dizendo que nunca havia visto nada igual, que nada assim havia sido registrado antes, blá blá blá.

Pois bem: a imagem que abre este texto não foi feita ontem, foi feita 2 de setembro de 2015. Foi um Atlas V lançado da Flórida, no começo da noite. Muito bonito, por sinal. Aqui a saga completa:

Paul Mifsud, Sr — Pre-Dawn United Launch Alliance Atlas V MUOS-4

Portanto, crianças, fikadika: o Universo é imenso, quase certamente repleto de vida inteligente com tecnologia que para nós é indistinguível de mágica, mas nem por isso não somos capazes de tirar alguns truques da manga.

Maravilhe-se com nossas conquistas tecnológicas, não diminua nossa ciência ao duvidar que sejamos capazes de lançar um míssil projetado antes de Star Wars chegar nos cinemas.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários