Home » Pop » Cinema » Parabéns, De Volta para o Futuro Agora É Passado

Parabéns, De Volta para o Futuro Agora É Passado

Hoje (se o Laguna agendou corretamente) é 21/10/2015, dia em que Marty McFly, Doc Brown, Jennifer e Einstein chegam em Hill Valley em seu DeLorean convertido. 26 anos atrás tivemos um vislumbre do que seria o futuro em 2015. Pois bem, é hoje. Como quem viveu essa jornada, da maneira mais difícil, viajando a 1 s/s se sente?

3 anos atrás

vlcsnap-00002

A Personal Voyage

Era 1985. Ao contrário de hoje o terrorismo árabe estava em alta, a política brasileira vivia um momento tenso, e o Presidente dos EUA era alguém que ninguém 30 anos antes imaginaria assumindo o cargo.

No cinema, foi um ano especial, com Cocoon, Ladyhawke, Rambo 2, Comando para Matar, Mulher Nota 1000, Rocky IV, Goonies e tantos outros, mas nenhum filme foi tão inesperado e bom quanto De Volta para o Futuro.

Era uma época sem internet, sabia-se de filmes em cima do lançamento, via raros comerciais de TV ou nas páginas dos jornais, sempre uma ou duas do Caderno B do Jornal do Brasil vinham repleta de anúncios assim:

inferno na torre cinema 1

O nome Spielberg, claro, atraiu todo mundo ao cinema, mesmo sendo o produtor. De Volta para o Futuro tinha futuro no nome e para as crianças da época, isso bastava. O que ninguém esperava era que passaríamos a maior parte do tempo em 1955, e adoraríamos.

d2q1pyq2gid7esuvmlga

BTTF foi um filme pra cima, fugiu do clássico Nerds vs Jocks, todo mundo queria ter um amigo como o Marty McFly. Mais ainda, McFly seria amigo de todo mundo. Mesmo Biff não era um vilão. Ele era um empecilho, o antagonista era a situação.

O mundo de 1955 era próximo o bastante para não nos alienarmos, mas distante o suficiente para parecer… distante. Mais ainda, BTTF subverteu a maioria dos clichês de viagem no tempo, com Marty comentando descaradamente eventos de sua época, mas o que vendeu o filme para a gente foram as referências.

Marty McFly era um de nós, assistia filmes, lia gibis, BTTF fugiu do Universo Isolado em que todo filme costuma viver. “Eu sou Darth Vader, do Planeta Vulcano” fez muita gente cair da cadeira.

BackTTFuture_126Pyxurz

Saímos do cinema apaixonados pela Lea Thompson (tudo bem, era mãe dele, não nossa), adoraríamos ser amigos do Doc Brown e passamos semanas discutindo o DeLorean Voador. Compramos LPs, ressuscitamos a carreira do Huey Lewis (seja sincero) e ouvimos muito rock clássico, mas nem a cena final nos preparou para, quatro anos depois conhecermos o futuro.

bttfn

Lançado em 1989, Back to the Future 2 conseguiu o raro feito de ser uma continuação no mesmo nível do primeiro filme. Nele rimos do futuro, mas não percebemos que 2015 estava mais próximo de nós do que 1955 estava de 1985.

Assistir a trilogia hoje ainda é um prazer, amo profundamente os personagens, a história, as pequenas lições, as músicas, mas por um lado é uma tijolada perceber que o tempo passa. 1985 para mim está várias vidas atrás, tudo mudou, mesmo que em essência eu ainda tenha 12 anos de idade mental, carrego os troféus e as cicatrizes dessa jornada.

O maior choque de mortalidade de minha vida foi perceber, alguns anos atrás que o Almanaque de Esportes hoje não vale mais nada. Toda aquela informação que Marty (quem pode culpar?) iria usar para ganhar dinheiro ficou para trás no Rio da História.

Blastfrompast

O cinema dos Anos 70/80 nos ensinou que o futuro seria terrível, uma distopia apocalíptica cheia de exterminadores e monstros mutantes nucleares. Back to the Future nos ensinou que não precisava ser assim. O futuro podia ser legal, com videogames que você não precisa usar as mãos, telas mágicas por todo lado, TVs que respondem a voz, carros que voam (entre em um Tesla em Modo Ludicrous!).

BTTF2 errou, claro, é um filme, não o Jucelino da Luz, hoje ninguém usa mais fax, hoverboards só existem tecnicamente e a Pepsi Perfect e os Nikes com cadarços automáticos são edições limitadas, mas a lição ainda vale.

w704 (2)

O Futuro não está escrito, depende de nossas atitudes e decisões. VOCÊ e somente VOCÊ decide se vai bater em um Rolls Royce porque um idiota te chamou de amarelão, VOCÊ decide se vai enfrentar o Griff. VOCÊ decide se vale a pena lutar pela Lorraine.

NzbrE

Hoje, 30 anos depois daquele 1985 quando o DeLorean decolou da porta dos McFly ele nos encontra no 2015 real. Muita coisa mudou, eu jamais acreditaria no futuro de hoje. Imagine dizer pro garoto que eu era que 30 anos no futuro eu teria um supercomputador de bolso, que clicando algumas teclas veria imagens direto do espaço. Eu jamais acreditaria que a Cura do Câncer do Fantástico, o tal de Interferon venderia em farmácia e minha mãe usaria para tratar os gatos.

O Cardoso de 1985 não conseguiria sequer compreender a capacidade de processamento de minha GeForce GTX 750. Em verdade ela representa boa parte do poder computacional do planeta inteiro em 1985. Esperávamos muito do futuro em 1985, mas não que se comprasse urânio na Amazon.

O futuro não é mais como era antigamente, mas não é ruim. Eu adoraria poder contar pro Cardoso de 1985 que aquela loirinha que conhecemos numa capa de revista de dezembro de 84 hoje fala com a gente na internet, mas aí teria que explicar o que é Internet.

S7gfKKB

A mensagem principal é que o futuro não é sobre carros voadores, não é sobre MrFusion e definitivamente não é sobre DeLoreans. O futuro é sobre nós mesmos, o futuro é hoje e todos os dias. Bobagem se preocupar onde estaremos em 30 anos, você perderá 30 anos se preocupando com isso.

Principalmente, Sarah Connor e Doc Brown concordam, o futuro não está escrito, nem o passado precisa ser tratado como implacável. Ele nos trouxe até aqui, deste ponto em diante nós decidimos se vamos mudar ou deixaremos que Clint Eastwood seja conhecido como o maior covarde do Oeste.

Obrigado de coração a Back to The Future, foi uma jornada incrível, essa trilogia faz parte de minha vida mas agora é passado. precisamos de novas referências e, como diz Alan Kay: a melhor forma de prever o futuro é o construindo.

Sendo assim, mãos à obra. Que venha 2045!

Paul Nigh's 'TeamTimeCar.com' Back to the Future DeLorean Time Machine

relacionados


Comentários