Home » Engenharia » Um demo tecnológico que chega às raias da magia

Um demo tecnológico que chega às raias da magia

Fazer dublagem ao vivo, como em Cantando na Chuva? Esqueça, isso é muito Século XX. Agora um grupo de cientistas criou um algoritmo que transfere expressões faciais, em tempo real. Não tente entender pela descrição, apenas assista a demo. É… sinistro.

4 anos atrás

3533930651_e788f1f7fd

Cantando na Chuva conta a história dos atores que foram afetados pela introdução dos filmes sonoros. No filme a grande estrela Lina Lamont tem uma voz de pato horrível, mas acaba obrigando a eterna mocinha Debbie Reynolds a dublá-la.

Esse efeito Milli Vanilli sempre foi comum em Hollywood, ironicamente Debbie Reynolds foi dublada em algumas músicas no filme. A cena em que Lamont é desmascarada é clássica.

63 anos depois A ciência desenvolve algo que faz esse trabalho todo de cortinas parecer brincadeira de criança.

Em um paper (disponível aqui — cuidado, PDF) apresentado na SIGGRAPH 2015 um grupo de pesquisadores de Stanford e outras Universidades demonstrou um algoritmo que utiliza Kinect para detectar rostos e mapear expressões, em tempo real.

Vamos ver se eu consigo explicar: ele pega as expressões que uma pessoa está fazendo e aplica no rosto da outra, ao vivo, na hora.

Se eu visse isso num Bones, num CSI da vida acharia graça, depois sairia zoando Hollywood e suas viagens. Assista a demo abaixo. É… sinistro.


Matthias Niessner — Real-time Expression Transfer for Facial Reenactment

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários