Home » Internet » Apple teria desligado app News na China para se adequar ao país

Apple teria desligado app News na China para se adequar ao país

Nothing personal: app de notícias da Apple não funciona na China em nenhuma hipótese; teria sido desativado para empresa se adequar às restrições do governo

4 anos atrás

iphone

A China é um país esquisito. Ela afirma aos quatro ventos ser a maior nação comunista do mundo, mas faz dinheiro como qualquer capitalista. Seu mercado consumidor é um dos que mais cresce no mundo e para as empresas de tecnologia, ignorá-lo por questões morais não é uma prática lucrativa.

Vide o Google, que em 2010 puxou o carro do País do Meio e se estabeleceu em Hong Kong, não impondo mais filtros em suas buscas. O firewall chinês bloqueou o acesso às buscas e posteriormente chutou o Gmail. Só que como a missão de qualquer empresa é dar lucro Mountain View já ensaia uma forma de voltar à China, sendo o primeiro passo introduzir uma Google Play Store censurada.

A Apple também não é boazinha. Ela sabe que o mercado chinês é importante em mais de um aspecto, não só o consumidor como também na manufatura de seus dispositivos, concentrados na mão da Foxconn e embora Tim Cook afirme o contrário, todos sabemos que as práticas da empresa não são das melhores. Eles inclusive tentaram importar seu MO para cá, mas não deu certo.

Pois bem: quando o iOS 9 chegou uma das novidades introduzidas foi o tal app News, que conta com uma curadoria própria e parcerias com diversos canais de imprensa. Estes mandam um pacote diário de notícias para a maçã, que as selecionará e publicará em seu feed próprio com as características visuais do aplicativo. Ele é bem interessante, mas tenha em mente que o feed dos sites ali é filtrado e notas que não interessam à maçã (notícias desfavoráveis, coisas sobre a concorrência) não tem lugar ali.

Aí voltamos à China. Dado o forte controle à informação que o país impõe graças a seu famigerado Escudo Dourado (o firewall estatal), é difícil conseguir informações mesmo de veículos externos. A Apple não listou a China como um dos possíveis países a participarem do News e provavelmente não o fará, mas em teoria quem possui uma conta cadastrada nos Estados Unidos e adquiriu um iGadget fora pode acessar o aplicativo, basta definir a região do aparelho como Estados Unidos (é possível fazer isso aqui também).

Ou melhor, podia.

news

Ao que tudo indica, em comum acordo com a legislação do país a Apple teria desativado o News no país. Ao se conectar com as redes móveis locais e tentar atualizar o feed, o app retorna a mensagem “não é possível atualizar agora. O News não é suportado em sua região”. A questão é que o bloqueio funciona por IP, assim mesmo turistas em tese ficaram impossibilitados de acessar o News enquanto estiverem na China.

Como oficialmente o app News só funciona nos Estados Unidos e está em caráter de testes no Reino Unido e Austrália, a empresa não deve se posicionar oficialmente sobre o que ocorreu. O que sabemos é que o formato do aplicativo implica em submetê-lo às rígidas normas de controle de informação do país, e como ele funcionava através de outros meios é provável que o bloqueio entrou em ação para evitar dores de cabeça com Pequim, o que poderia afetar seus negócios.

Fonte: NYTimes.

relacionados


Comentários