Home » Hardware e periféricos » Nexus 5X, Nexus 6P, Pixel C: evento do Google tem um caminhão de novidades

Nexus 5X, Nexus 6P, Pixel C: evento do Google tem um caminhão de novidades

Pixel C, Nexus 5X e 6P, novos Chromecasts, novas funções nos apps Play Música e Fotos… confira as principais novidades reveladas no evento do Google

4 anos e meio atrás

sundar-pichai

Sundar Pichai abriu o evento cheio de novidades do Google

O Google realizou um evento nesta terça-feira em San Francisco onde anunciou uma série de novidades. Falaram do Android, de novos smartphones, novos Chromecasts, um novo tablet… enfim, teve de tudo um pouco. Vamos dar uma olhada no que foi exibido:

Nexus 5X e Nexus 6P

As primeiras novidades apresentadas no evento foram os novos aparelhos da linha Nexus, os primeiros a rodarem o Android 6.0 Marshmallow a chegarem ao mercado. Desta vez o Google incumbiu duas empresas diferentes com os projetos, a LG ficou responsável pelo Nexus 5X enquanto a Huawei foi encarregada de desenvolver o Nexus 6P.

http://www.youtube.com/watch?v=QLqHZLdt_jEGoogle Nexus — Introducing the Nexus 5X

nexus-5x-001

nexus-5x-002

O Nexus 5X é um sucessor direto do Nexus 5. Seu design é um híbrido deste e do Nexus 6, mas com um corpo plástico a fim de manter o preço mais atraente. Por dentro porém o bichinho continua potente: SoC Qualcomm Snapdragon 808, hexa-core 64 bits com clock de até 2 GHz, GPU Adreno 418, 2 GB de RAM, modelos de 16 ou 32 GB de espaço interno, display de 5,2 polegadas com resolução Full HD (424 ppi), câmera principal de 12,3 megapixels com Flash LED duplo e abertura f/2,0 capaz de filmar em 4K a 120 fps, câmera frontal com 5 MP, redes 4G/LTE, Bluetooth 4.2 e NFC, bateria de 2.700 mAh e conector USB-C. Ele custará US$ 379 e US$ 429, dependendo de quanto espaço interno você desejar.

http://www.youtube.com/watch?v=4cAHL4LMNlYGoogle Nexus — Introducing the Nexus 6P

nexus-6p-001

nexus-6p-002

Já o Nexus 6P é um produto mais premium, sendo o primeiro da família a contar com um case metálico. Ele possui tela de 5,7″ com resolução Quad HD (515 ppi), SoC Snapdragon 810, o octa-core 64 bits top da Qualcomm mas aqui em sua versão revisada (que reduz os problemas de superaquecimento), 3 GB de RAM, versões com 32, 64 ou 128 GB de espaço interno, câmera principal de 12,3 MP com abertura f/2,0 e Flash LED duplo, câmera frontal com 8 MP, 4G, Bluetooth 4.2, bateria de 3.450 mAh, e conector USB-C.

Ambos os aparelhos introduzem o Nexus Imprint, o sensor biométrico proprietário do Google. A empresa garante que ele é super-rápido, realizando leituras de digitais em até 600 milissegundos. Ele está sendo apresentado com um feature-chave do sistema Android Pay mas também será utilizado para bloquear o aparelho com segurança, além de permitir novas formas de autenticação em apps. Os modelos de 32, 64 e 128 GB custarão US$ 499, US$ 549 e US$ 649 respectivamente.

Tanto o Nexus 5X quanto o 6P serão vendidos através da Google Store a partir de outubro, e incialmente estará disponível nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Irlanda e Japão. Não há previsão de quando ou se eles chegarão ao Brasil; tudo dependerá das estratégias da LG e Huawei para o nosso mercado.

Android 6.0 Marshmallow

android-6-0-permissions

Com a chegada dos novos Nexus o Google oficializou o lançamento do Android 6.0 Marshmallow. A nova versão do sistema operacional será liberada via OTA na próxima semana para todos os donos de Nexus 5, 6, 7 (versão 2013) e 9. Todos os demais dependem das estratégias de fabricantes e operadoras e é quase certo que só veremos atualizações a partir de 2016, assim como é pouco provável vermos novos aparelhos Android sendo lançados até o fim do ano já com o novo sabor do SO.

Como dito antes o Android 6.0 se foca menos em alterações no design e mais em segurança e privacidade, bem como um melhor gerenciamento de energia. Entre as novidades estão um controle fino das permissões dos apps, entregando ao usuário o poder de bloquear qualquer coisa que ele não deseje que um programa faça.

Play Música e Google Fotos mais sociais

play-music

O Google também deu uma mexida em alguns de seus aplicativos. O Play Música por exemplo ganhou um plano familiar, que permite que uma mesma conta seja compartilhada por até seis pessoas. Cada membro terá um perfil personalizado e desta forma, o pai de família que gosta de ouvir rock das antigas não será surpreendido por uma faixa do Justin Bieber no meio de sua playlist por causa da sua filha; o app saberá os gostos pessoais de cada um. O plano custará US$ 14,99 por mês nos Estados Unidos e em breve chegará ao Brasil.

google-photos

Já o Google Fotos recebeu um tratamento para se tornar mais sociável. Será possível criar um álbum compartilhado, onde várias pessoas em diversos dispositivos poderão alimentar com suas próprias fotos. Basta um usuário criar o álbum e convidar os amigos. Isso é útil num evento ou numa viagem em grupo, em que todas as fotos dos participantes ficam salvas todas em um só lugar. É possível também convidar usuários como “espectadores”, que serão notificados sempre que alguém subir uma foto nova.

Novos Chromecasts, para áudio e vídeo

chromecast

Dois anos depois, o Chromecast também recebeu uma atualização. Além do novo visual (eu não curti, ficou com cara de penduricalho já que ele agora ficará pendurado obrigatoriamente pelo cabo) a nova versão agora é compatível com Wi-Fi 802.11ac, funcionando na faixa entre 2,4 GHz e 5 GHz. Resultado? Ele ficou mais rápido e ganhou o recurso Fast Play, que permite aos desenvolvedores introduzir pré-carregamento de conteúdo reduzindo o tempo de espera.

Como funciona? Ao iniciar um aplicativo e jogá-lo no Chromecast o software tentará adivinhar o que o usuário pretende assistir (o Netflix é bom nisso), e começará a baixar o vídeo em questão. Assim, quando você clicar no play ele será executado de cara, ao invés de aguardar o início do download como ocorre hoje.

A nova versão do Chromecast também permite finalmente jogar seus games na sua TV. Assim, o smartphone se torna um controle e segunda tela enquanto você acompanha a ação diretamente na tela grande. E por fim, o Chromecast passa a contar com suporte a Facebook e Flickr, além de ter seu app totalmente remodelado tanto no Android quanto no iOS. Agora ele sugere conteúdo e indica os serviços em que você encontrará aquele filme ou série, e conta também com busca por voz.

http://www.youtube.com/watch?v=C2OCaj2CHvYGoogle Cast — Chromecast Audio: How to cast

chromecast-audio

E o Google resolveu também inteligentificar seu aparelho de som com o Chromecast Audio. O funcionamento é basicamente o mesmo, apenas sai a conexão HDMI e entra em seu lugar o plugue P2 estéreo, compatível com quase qualquer caixa de som, micro-system ou conjunto de áudio de automóveis. Ele possui integração com o Android Wear e será compatível inclusive com o Spotify (também no Chromecast para a TV), que fez doce por um bom tempo mas finalmente decidiu se aliar ao Google.

Ambos os Chromecasts custarão US$ 35 e chegarão às lojas de 17 países em breve.

Pixel C

pixel-c

pixel-c-001

Por fim, um novo tablet e o primeiro 100% fabricado pelo Google. Ele possui display de 10,2 polegadas com resolução de 2.560 × 1.800 pixels (308 ppi) e conta com um SoC Tegra X1 da NVIDIA, além de 3 GB de RAM, conector USB-C e roda Android 6.0 Marshmallow. Ele possui um teclado removível que se fica ao tablet magneticamente e é carregado via indução, uma tomada a menos. A ideia é fornecer uma experiência próxima a dos Chromebooks, Surfaces Pro e do iPad Pro, por um preço mais camarada. A versão de 32 GB de espaço interno custará US$ 499 e a de 64 GB, US$ 599. O teclado será vendido separadamente por US$ 149. Sem data de lançamento.

Aos interessados segue a conferência completa:

Google - September Event 2015

relacionados


Comentários