Home » Hardware e periféricos » Guerra animal: Samsung trabalha em “Turtle Glass” e mira no gorila da Corning

Guerra animal: Samsung trabalha em “Turtle Glass” e mira no gorila da Corning

Tecnologia “Turtle” patenteada pela Samsung sugere um vidro de proteção para seus smartphones; parceria com a Corning pode estar perto do fim

4 anos atrás

king-kong-vs-gamera

A Corning tem no Gorilla Glass um produto campeão, disso ninguém tem dúvida. Seu vidro altamente resistente desenvolvido em 2006 e que hoje está na quarta geração é um componente fino e duro na queda (mas não a prova de desastrados convictos) que hoje está presente em uma gama diversa de dispositivos, de notebooks a TVs e players de mídia e claro, smartphones. Boa parte dos fabricantes de Android tem na Corning uma forte parceira.

A Samsung é uma delas, o Galaxy S original lançado em 2010 foi o primeiro com o super vidro, mas aparentemente ela não pretende levar a parceria por muito tempo adiante.

Na semana passada a divisão de displays da companhia da Pior Coreia deu entrada em dois registros de patentes, um sobre a tecnologia e outro do nome comercial, “Turtle Glass”. Ao que tudo indica a Samsung está utilizando o que aprendeu durante os anos de parceria com a Corning, absorvendo o que sabe sobre a tecnologia de vidros finos e altamente resistentes empregados no Gorilla Glass e vai lançar um produto próprio. A escolha da tartaruga como nome sugere uma resistência do mesmo nível ou até mesmo superior à encontrada nos vidros da Corning.

turtle-glass

Por que a Samsung faria isso, sendo que os recentes Galaxy Note 4, S6 edge+ e o mais modesto Galaxy Alpha já contam com vidros Gorilla Glass 4? Basicamente independência de fornecedores externos e claro, uma maior economia na fabricação de seus produtos. Além disso a Samsung poderia muito bem vender o componente para seus concorrentes/clientes como uma alternativa à Corning, batendo de frente com a até então parceira. Não é um cenário tão alienígena, basta lembrar que os sul-coreanos fornecem processadores para os iGadgets apesar da briga nos tribunais entre Apple e Samsung.

O anúncio da nova tecnologia bate com os rumores de um novo form fator prometido para 2016, o de dispositivos completamente flexíveis. Se isso é verdade eu não sei, mas os informes estão se encaixando e trabalhar numa tecnologia própria mais alinhada a seus futuros projetos parece mais adequado do que adaptar um componente de terceiros.

Fonte: Sam Mobile.

relacionados


Comentários