Home » Microsoft » Cortana pode se tornar parte integrada do Cyanogen OS

Cortana pode se tornar parte integrada do Cyanogen OS

Acordo para levar apps da Microsoft ao Cyanogen OS pode se estender à Cortana; assistente entretanto se integraria ao sistema,como ocorre no Windows 10

4 anos atrás

cortana

A Cyanogen não quer mais ser relacionado com o Google de forma alguma, e vem trabalhando para que seu sistema operacional mobile conte com apps tão poderosos quanto os presentes no Android. Para isso a empresa vem fazendo parcerias com desenvolvedores e companhias para que criem/disponibilizem soluções que se integram de verdade ao Cyanogen OS.

A Microsoft é uma delas. A parceria em questão vai fornecer ao sistema as soluções Bing, Office, Skype, OneDrive, OneNote e Outlook na forma de apps que terão acesso ao kernel e por causa disse serão profundamente ligados aos serviços da Cyanogen com uma vantagem: não serão bloatwares, poderão ser desinstalados se o usuário assim desejar.

E ao que tudo indica o acordo prevê que Cortana, a assistente virtual do Windows 10 também será incluída no pacote.

De acordo com o CEO da Cyanogen Kirt McMaster, a Cortana é uma assistente muito melhor e mais inteligente do que a Siri ou o Google Now, entende linguagem natural e é capaz de se integrar a diversos dispositivos, independentemente da plataforma utilizada. Só que diferente do que a Microsoft conseguiu com Apple e Google, onde a incrível IA que conta com um spartan como assistente chegará de forma limitada ao iOS e Android, no Cyanogen OS ela terá integração nativa como os demais apps de Redmond.

Com isso, Microsoft e Cyanogen estão trabalhando para integrar a assistente ao sistema, de forma que ela tenha tanta liberdade e capacidade quanto em qualquer outro dispositivo Windows, seja desktop, mobile ou Xbox One. Com isso McMaster espera catapultar a popularidade do Cyanogen OS quando ele for lançado.

Dará certo para a Cyanogen? Pode ser que sim, hoje o CyanogenMod roda em pelo menos 50 milhões de dispositivos (lembrando, o atual fork do Android não contará com tais recursos). O que me estranha é a decisão da Microsoft em querer dar tanto poder de fogo a um em teoria concorrente ao permitir integração de baixo nível com seus apps, o que poderia inclusive se voltar contra o próprio Windows 10 Mobile.

Fonte: IBTimes.

relacionados


Comentários