Home » Hardware e periféricos » Intel Skylake: processador Core de sexta geração é o melhor da empresa até agora

Intel Skylake: processador Core de sexta geração é o melhor da empresa até agora

A Intel apresentou na IDF 2015 a arquitetura Skylake e seus processadores Core e Xeon de sexta geração, que estavam sendo desenvolvidos há mais de quatro anos. O foco dos novos processadores Skylake foi o desempenho e gráficos até 40% melhores, com capacidade de sobra para tocar vários vídeos 4K ao mesmo tempo, e ao mesmo tempo, gastando bem menos energia.

4 anos atrás

Gregory Bryant, Shlomit Weiss, Kirk Skaugen e Navin Shenoy apresentam os processadores Skylake

Gregory Bryant, Shlomit Weiss, Kirk Skaugen e Navin Shenoy apresentam os processadores Skylake

No mês passado estive em San Francisco para assistir o IDF 15, Intel Developers Forum. Além do belo keynote de abertura com Brian Krzanich, uma das coisas mais interessantes que eu vi foi uma apresentação sobre as vantagens da sexta geração de processadores Core da Intel, Skylake.

A Intel chama os Skylake de seus melhores processadores de todos os tempos, e eles equiparão aparelhos tão diversos como computadores em sticks USB, notebooks, tablets, híbridos, all-in-ones e workstations. Nós já tínhamos falado sobre os processadores Skylake durante sua breve apresentação na Gamescom 2015, mas agora finalmente podemos conhecê-los melhor.

A grande vantagem da arquitetura Skylake é permitir aparelhos cada vez mais finos e com boot ultra rápido em apenas meio segundo, mas que ao mesmo tempo são mais eficientes no consumo de energia e mais poderosos do que os que estão nas mãos dos consumidores, com de 10 até 20% mais de desempenho no processador e gráficos até 40% mais rápidos, quando comparado com os processadores da linha Broadwell.

Quem fez as honras foi Kirk Skaugen, que além de vice-presidente da Intel, também é gerente geral do Client Computing Group, grupo de computação de clientes da empresa. Ele contou que os processadores Skylake foram projetados em parceria com a Microsoft, ou seja, foram feitos sob medida para rodar o Windows 10: a combinação entre os processadores Intel Core de 6ª geração, o Windows 10 e os novos sistemas criados pelos fabricantes torna este o melhor momento de todos ost tempos para comprar um novo computador. Os fãs da Apple também podem ficar tranquilos, pois eles também serão excelentes para o MacBook Retina, MacBook Air e Mac Pro.

Kirk contou que a linha Skylake é o resultado de mais de quatro anos de trabalho da Intel. O foco é na duração de mais de 10 horas da bateria, no uso do computador sem fios e na segurança do PC. Neste caso, o Windows 10 e o processador Skylake usam a câmera RealSense 3D e a Cortana para eliminar a necessidade de digitar senhas, basta olhar para o seu computador para desbloquear a tela. Isto também pode ser usado para uma conexão remota no seu sistema com toda a segurança. A câmera RealSense não é enganada por uma foto, tem que ser uma pessoa real para funcionar.

navin_intel_skylake

O próximo apresentador foi Navin Shenoy, vice-presidente e gerente geral de plataformas para o cliente, que contou que com o Skylake, a Intel pretende abandonar de vez os fios, com sistemas de dock sem necessidades de fios para carregar a bateria ou conectar ao monitor, usando as tecnologias WiDi (monitores sem fio), WiGig (Ethernet sem fio) e Rezence. A Cortana também pode ser acordada por um comando de voz, reativando o computador. Você pode controlar seu notebook a partir de um monitor com WiGig. Os processadores Skylake contam com Thunderbolt 3, uma única porta USB-C que pode conectar uma placa gráfica externa e até 2 monitores 4K.

Com o Skylake, a melhoria gráfica é que realmente faz a diferença, com um desempenho até 40% melhor do que a última geração, assim o processador pode rodar até quatro vídeos em 4K usando apenas 20% da memória do sistema. Depois subiu ao palco o vice-presidente de plataformas desktop da Intel, Gregory Bryant, que fez demonstrações para mostrar como serão poderosos os desktops e as workstations equipadas com o Skylake.

shlomi_intel_skylake

Depois dele, quem subiu ao palco foi Shlomit Weiss, vice-presidente do grupo de engenharia de plataformas, apresentada como a principal arquiteta da sexta geração de processadores Intel Core. Weiss falou sobre o desafio de criar novos processadores com grande escalabilidade, mas sem compromissos, e disse estar muito orgulhosa do nosso bebê.

A engenheira falou sobre a tecnologia Speed Shift, que permite que os processadores Skylake façam a mudança entre os diferentes modos de energia (velocidade lenta e rápida para priorizar o desempenho ou a duração da bateria, de acordo com a tarefa) de forma bem mais rápida, passando o tempo da transição de 30 milissegundos para apenas 1 milissegundo.

familia_intel_skylake

Agora vamos conhecer a família completa. São quatro séries com 48 novos processadores, nas linhas Core e Xeon. A Core Y-Series é dos processadores Core M, divididos em três, Core M3, Core M5 e Core M7, e é indicada para aparelhos de tela pequena, notebooks 2-em-1, híbridos de tablets, e computadores em sticks USB. A Y-Series tem 5 processadores com TDP de 4,5 watts; e é a única série que não é compatível com memórias DDR4, apenas DDR3.

A Core U-Series, indicada para aparelhos ultra finos e híbridos 2 em 1, tem 10 processadores de 15 watts e quatro de 28 watts.

A Core H-Series tem 6 processadores com TDP de 45 watts para notebooks de tela grande, e uma SKU desbloqueada para entusiastas de overclocking. A H-Series também tem 2 processadores Xeon de 45 watts para workstations móveis, o que marca a primeira vez em que a Intel traz um processador Xeon para notebooks.

A Core S-Series tem processadores para desktops, torres de games, All-in-Ones e mini PCs, com 10 processadores de 65 watts e 8 de 35 watts. Para completar a série S, dois processadores com TDP de 91 watts para overclockers e gamers.

Esclareço aos que reclamaram por notícias do Skylake durante a IDF que este assunto estava protegido sob embargo até o dia 2 deste mês, e este texto só não foi publicado do dia marcado por culpa minha.

Entre os processadores Skylake lançados nesta semana estão os Core M, os Core i3, i5 e i7, e os processadores Xeon mobile. Os processadores Skylake já estão prontos para as memórias Optane, que será lançada a partir do ano que vem. As memórias Optane são baseadas na nova tecnologia 3D XPoint, que é até 1.000 vezes mais rápida do que o SSD.

Saiba mais sobre a sexta geração dos processadores Core na Intel.

O MB viajou para a IDF a convite da Intel, mas as opiniões como sempre são todas nossas.

relacionados


Comentários