Home » Áudio e vídeo » Neil DeGrasse Tyson direto do futuro

Neil DeGrasse Tyson direto do futuro

Cada dia que passa The Martian, versão de Ridley Scott do livro de Andy Weir, se mostra mais atraente. Agora o filme ganhou um aval de peso. Ninguém menos que Neil DeGrasse Tyson fez um trailer disfarçado, como se fosse seu podcast/programa de TV, falando da missão. Como sempre, emocionante.

4 anos atrás

tumblr_n44wy3BHtx1qbh26io1_500

Quando Stanley Kubrick se encontrou com Arthur Clarke para fazer 2001 — Uma Odisséia no Espaço, disse que queria dirigir o proverbial "bom filme de ficção científica", deixando claro que considerava todos até então, ruins.

Mesmo hoje Kubrick não está de todo errado. Existem poucos filmes de FC realmente bons. Star Wars não é FC, é space opera, Contato é uma das raras exceções, Prometheus só o Silmar gosta e Interestelar é uma bosta sentimentalóide onde colocaram a tripulação de Armageddon no lugar de astronautas e criaram um robô de Lego pra fazer merchã disfarçado. 

The Martian é o contrário disso tudo. Tirando o inigualável O Buraco da Beatriz é de longe o melhor livro dos últimos tempos. Uma ficção científica hard, focada em ciência com um mínimo de especulação e pouquíssimas liberdades criativas, e está sendo muito bem adaptado por Ridley Scott, com Matt Damon no papel do astro-botânico Mark Watney.

giphy-facebook_s

O primeiro trailer já foi promissor…

Fox Film do Brasil — Perdido em Marte | Trailer Oficial Legendado | HD

O segundo mais ainda…

Fox Film do Brasil — Perdido em Marte | Segundo Trailer Oficial Legendado | HD

Agora, em uma óbvia mas brilhante estratégia transmídia recrutaram Neil DeGrasse Tyson. Em uma versão de seu podcast e programa do NatGeo, StarTalk, ele fala da Missão Ares e seu significado. Como sempre, empolga, mas há algo mais.

Esse filme mexe com a gente por ser ficção mas real. Não é uma distopia como Matrix, não é uma utopia como Star Trek, não é uma fantasia inatingível como a Lucian… — digo como Star Wars. Vemos o trailer e pensamos “isso pode acontecer, isso vai acontecer”. Em 2012 vimos o MSL pousar em Marte, em uma manobra chamada mui apropriadamente de Sete Minutos de Terror, coincidentemente o mesmo nome do livro que minha ex escreveu sobre nossa Lua de Mel, mas divago.

Vemos rotineiramente imagens da superfície de cometas, sondas em asteróides, um robô em Marte mandando imagens melhores que as que você tira de seu gato. Mês passado vimos Plutão deixar de ser um conjunto de meia-dúzia de pixels e se tornar um mundo, e 95% dos dados ainda estão na New Horizons.

O Marciano mostra, mesmo com as coisas dando errado, um futuro promissor, onde continuaremos a explorar nosso cantinho do Universo. É um livro onde tudo dá errado mas que no fundo, no fundo nos consola, dizendo “calma, tudo vai dar certo”.

ARES: live — Our Greatest Adventure

Fonte: dica do Luide no tuinto.

relacionados


Comentários