Roteirista de Thor assume texto do novo filme do He-Man

he-man-and-the-masters-of-the-universe

Senta que lá vem história: em 1976 a Mattel, numa decisão da qual se arrependeu muito nos anos seguintes se recusou a lançar uma linha de brinquedos baseada em Star Wars, que George Lucas lançaria nos cinemas no ano seguinte. Depois de ver o sucesso do filme, a empresa tentou diversas vezes lançar linhas que se aproximassem do espírito da película, sem sucesso.

Foi Roger Sweet, um dos principais designers da Mattel na época que em 1980 veio com a ideia “simples é melhor”, apresentando modelos baseados em outro brinquedo da companhia, em poses de ação. Foram os primeiros esboços da linha de brinquedos do He-Man, que apareceram em 1982 aproveitando o embalo do filme Conan, O Bárbaro estrelado por Arnold Schwarzenegger.

A bem da verdade a Mattel havia fechado um acordo com os detentores do filme para lançar uma linha de brinquedos baseada no cimério, mas ao ver as similaridades com seu projeto interno acabaram ao invés disso lançando a linha Masters of the Universe, garantindo a propriedade intelectual. Rolou processo e tudo mais, mas a Mattel se safou.

he-man-dolph-lundgren

Esse filme era muito, MUITO errado!

De lá para cá He-Man e cia. viraram desenho animado, quadrinhos, games e um filme para lá de cult, protagonizado por um agressivo aos olhos Dolph Lundgren de sunguinha de couro. Nem a Courteney “Monica” Cox novinha e a Chelsea Field como a Tee-la salvavam o filme.

De uns tempos para a franquia, um dos símbolos da infância dos anos 1980 (entre outras coisas) passou por uma revitalização, ganhou uma nova série animada, voltou aos quadrinhos (com direito a crossover com a Liga da Justiça; aliás Superman e He-Man já se toparam décadas atrás) e desnecessário dizer, a Mattel quer levar o homem mais forte do universo de volta à tela grande. E agora parece que conseguiram um roteirista especializado em brutamontes com armas mágicas.

Segundo informes a Sony Pictures, que detém os direitos da franquia para o cinema contará com Christopher Yost como responsável pelo texto do novo filme, previsto para julho de 2017. Um tanto desconhecido, seus principais trabalhos envolvem a Marvel. É dele o roteiro da animação de 2008 Os Novos Vingadores: Heróis do Amanhã (tem na Netflix), bem como dos filmes mais recentes do deus do trovão — Thor: O Mundo Sombrio (2013) e o futuro Thor: Ragnarok (2017).

Bom, ao menos experiência em roteiros do tipo ele tem, embora a maioria dos fãs concorde que os filmes do Thor estão entre os mais fracos do MCU. De qualquer forma esperamos que o novo filme do He-Man tenha mais sorte que o original de 1987, que se tornou um must see pelos motivos errados.

Fonte: Variety.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples