Home » Engenharia » Agora ficou sério: a NASA, Autodesk e outros se unem para guerrear contra o Japão

Agora ficou sério: a NASA, Autodesk e outros se unem para guerrear contra o Japão

Robôs gigantes se pegando na porrada? Combate EUA vs Japão? Apoio da NASA, Grant Imahara, Autodesk e outros? Shut up and take my money!

4 anos atrás

giantrobotactivate

No começo do ano um grupo dos EUA chamado MegaBots construiu um robô gigante de combate, e seguindo a tradição desafiaram o Kuratas, um robô criado pela Suidobashi, uma indústria japonesa. Eis o desafio:


MegaBots — USA CHALLENGES JAPAN TO GIANT ROBOT DUEL!

Tendo sua honra desafiada, os japoneses não pensaram duas vezes e aceitaram o desafio:


水道橋重工 • RESPONSE TO ROBOT DUEL CHALLENGE.

Uma ressalva entretanto: eles exigiram que em vez de armas o combate seja corpo-a-corpo.

Nesse momento os americanos provavelmente se tocaram que robôs gigantes estão no DNA dos japoneses, e o robô deles é muito mais bem acabado. A solução foi abrir um Kickstarter e conseguir o apoio da indústria.

O projeto conta com apoio de Grant Imahara, o ex-Mythbusters, e usarão algoritmos de equilíbrio de uma empresa que desenvolve robôs pra DARPA, sistemas de suporte de vida da NASA, softwares e modelagem da Autodesk (até Carl Bass, o CEO apareceu) e propulsão da Howe & Howe, que fez um tanque usado em Mad Max. Veja o vídeo anunciando os upgrades:


MegaBots — TEAM USA KICKSTARTER FOR GIANT ROBOT DUEL

É claro que tudo não passa de uma grande brincadeira, não há animosidade real, mas é muito divertido ver Japão e EUA envolvidos em uma corrida armamentista que culminará em robôs gigantes se pegando na porrada, algo que todo menino sonha ver sem ter que depender do Michael Bay pra isso.

O Japão ainda não respondeu, mas como essa é uma oportunidade para várias empresas de tecnologia usarem o projeto como vitrine, duvido que outras não se juntem à Suidobashi.

No final quem sairá ganhando é a robótica, vários avanços surgirão dessa competição, como vários surgiram das corridas de aviões dos Anos 30.

Agora é esperar e decidir pra quem torcer. Se o Japão não aparecer com pelo menos um tentáculo, vou ficar no Time MegaBot, afinal de contas um robô com serra elétrica é um robô de respeito!

megabot

relacionados


Comentários