A última: a palavra “Pixels” tem copyright

pixels

Parece que não passaremos uma semana sem ver mais uma maluquice da indústria do copyright. Tudo bem que estúdios em geral odeiam que usuários pirateiem seu conteúdo, mas uma coisa é proteger produção própria, e outra bem diferente é alegar propriedade sobre algo tão banal quanto… uma palavra.

Pois é. A Entura International, empresa antipirataria ligada à Columbia Pictures distribuiu uma série de takedowns no site Vimeo, retirando do ar inúmeros vídeos por terem um título similar à bomba de Adam Sandler.

Sites como o YouTube, Vimeo e similares recebem notificações de escritórios de patentes e estúdios, todos ligados à DMCA na ordem de centenas, todas as semanas. A maioria das reclamações tem fundamento, pedindo para retirar do ar vídeos que utilizem músicas, imagens ou vídeos de suas criações sem autorização. Algumas companhias, como a Nintendo preferem deixar os vídeos no ar, mas revertem os ganhos para si. Outros não são tão misericordiosos e exterminam o vídeo sem dó.

A Entura, trabalhando para a Columbia Pictures, entretanto foi “um pouquinho” além: ela enviou para o site Vimeo uma requisição no que à primeira vista parece ser um esforço para coibir a pirataria de Pixels. Só que a nota requisita a derrubada de vídeos não por causa do conteúdo, mas pelo nome dos vídeos. É isso aí: a Columbia está clamando para si a criação da palavra agora com o lançamento do filme. Não dá para dizer outra coisa além disso.

A ordem de takedown, aceita pelo Vimeo derrubou vídeos que estavam no ar desde muito antes do lançamento da película, como Pantone Pixels, um projeto independente publicado em 2011. Outro deletado foi o trailer Pixels de 2010, criação da One More Production e que foi devidamente sugado por Sandler para criar o filme (ele foi posteriormente restaurado).

Agora, a cereja do bolo. Leia a íntegra da requisição da Entura:

“Pixels”, “Pantone Pixels”, “Pixels”, “Pixels – HD Trailer”, “Detuned Pixels – Choco”, “Pixels — Life Buoy”, “Pixels: Redeye @ Kettering”, “Pixels Festival 2015”, “Love Pixels — VJLoops”, “Pixels Official Trailer (2015) – Adam Sandler, Peter Dinklage”

Sim, a empresa é tão idiota que exigiu a remoção do trailer do próprio filme que deveria proteger.

Os moderadores do Vimeo, bem como os donos dos vídeos estão fulos e com razão. Por enquanto eles continuam fora do ar, mas é o tipo de movimento idiota que faz o pessoal ficar ainda mais fulo com a indústria dos direitos autorais. Não se sabe se o YouTube recebeu ou não notificação similar (eu diria que sim, mas o pessoal do Google é mais esperto que os copyright trolls).

Fonte: TorrentFreak.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar