Home » Fotografia » Um idiota, uma cascavel e uma selfie de US$ 150 mil

Um idiota, uma cascavel e uma selfie de US$ 150 mil

Da série “não seja um idiota ao tirar selfies”: norte-americano morre em US$ 150 mil por pensar que seria uma boa ideia tirar uma foto com uma cascavel

4 anos e meio atrás

diamondback-vs-deadpool

Não essa Cascavel (e nem esse idiota).

Como eu já disse antes não tenho nada contra quem tira selfies. O fenômeno cultural ajudou a estimular os fabricantes de smartphones a investirem cada vez mais nas câmeras frontais de seus aparelhos, e hoje não é raro dispositivos com ambos conjuntos de excelente qualidade. Ou seja, saímos ganhando.

O problema é o elemento segurando o smartphone. Quando o usuário não coloca o cérebro para funcionar na hora de tirar a selfie perfeita, Darwin entra em ação e o resultado nem sempre é legal. Casos não faltam, como o do cara que explodiu os miolos ao posar com uma arma nas mãos ou da romena que subiu no telhado de uma estação de trem. Por aqui tivemos um quase Darwin, envolvendo um pau de selfie e um helicóptero.

Embora muita gente tenha achado a ação do governo russo um pouco exagerada ao introduzir o manual da selfie segura, tendo em vista algumas atitudes do cerumano no lugar deles eu faria melhor: incluiria o encarte em todos os smartphones vendidos para ver se aprendem alguma coisa. Mas aí eu lembro que as pessoas não leem manuais...

Pois bem: a última envolve um cidadão de San Diego, EUA que pagou caro (de todas as formas possíveis) por não pensar dois minutos se valia a pena correr riscos por causa de uma foto maneira. Tudo aconteceu quando Todd Fassler achou que seria interessante pegar um animal silvestre na mão para fazer uma selfie e impressionar seus amigos.

Até aí tudo bem, só que o animal em questão era esse aqui:

rattlesnake

O celenterado pensou mesmo que segurar uma cascavel nas mãos para tirar uma foto era uma boa ideia. Tal serpente possui um veneno extremamente potente, capaz de matar um adulto em poucas horas. E se pesquisadores às vezes não conseguem evitar serem picados, esse cara não tinha chance alguma.

Pois bem, dito e feito. A cascavel fez seu trabalho e nosso amigo foi parar no hospital, e seus problemas não acabaram aí: como os planos de saúde dos Estados Unidos dificilmente cobrem acidentes com cobras, Fassler teve que arcar com todas as despesas do tratamento. Confiram a conta:

He was trying to take a selfie with a rattlesnake. What he ended up with was a trip to the hospital and one WHOPPER of a doctor bill.

Posted by 10News – ABC San Diego KGTV on Friday, July 17, 2015

Pois é. 83 mil dólares só com remédios (o que deve incluir o soro anticrotálico), mais US$ 22 mil de exames e outras despesas, incluindo quase US$ 1 mil de radiografias. Total, uma picada de mais de US$ 150 mil no bolso do infeliz. Na próxima ele vota no Obama.

Confiram o vídeo abaixo de como ficou o braço (e as finanças) de nosso amigo nada esperto e aprenda: seja responsável ao tirar selfies. Pois se Darwin não cuidar seu bolso vai sofrer.

http://www.youtube.com/watch?v=trcRALYcHhoRevolution — A Selfie With a Rattlesnake? That'll be $150K

Fonte: ABC.

relacionados


Comentários