Home » Engenharia » Lockheed pretende adquirir a Sikorsky por US$ 9 bilhões

Lockheed pretende adquirir a Sikorsky por US$ 9 bilhões

A fabricante de helicópteros Sikorsky Aircraft será comprada pela gigante aeronáutica Lockheed Martin por 9 bilhões de dólares. Aquela é a responsável pelos Black Hawk e helicópteros VIP do governo dos EUA.

4 anos atrás

Laguna_Sikorsky_UH-60_Blackhawk

Sikorsky UH-60 Black Hawk (crédito: CT Post)

Lockheed Martin, a maior fornecedora de aeronaves para o Pentágono, pretende comprar a Sikorsky Aircraft. Esta é uma fabricante de helicópteros cuja atual dona era a United Technologies Corp — UTC.

Seria uma aquisição por volta dos US$ 9 bilhões, dos quais 7,1 bilhões seriam pelas tecnologias e outros ativos da Sikorsky. O resto provavelmente são impostos e comissões de grandes acionistas. A Lockheed teve que disputar a nova aquisição com a Textron, aquela que fabrica aviões Cessna e helicópteros Bell.

310071_418284738249923_325903782_n

F-35, projeto da Lockheed Martin

Ao adquirir a Sikorsky, a Lockheed estabelece sua liderança em fabricação de aeronaves militares e abre portas para o mercado estrangeiro. O negócio será concretizado no final do ano ou mesmo no início de 2016, de acordo com os órgãos reguladores de lá. A Lockheed Martin tem receita anual por volta dos US$ 45 bilhões. Boa parte tentando fazer o F-35 funcionar.

Aliás, essa é a maior aquisição da Lockheed desde a compra da Martin Marietta Corp por 10 bilhões de dólares duas décadas atrás. E é uma bela compra: estima-se que os helicópteros da Sikorsky tenham salvo a vida de 2 milhões de pessoas.

Bom lembrar que o fundador da empresa, Igor I. Sikorsky, dá nome a uma competição de helicópteros movidos à força humana. Só que infelizmente a demanda por helicópteros de verdade diminuiu ao ponto de a Sikorsky Aircraft demitir 1.400 funcionários no início do mês passado.

Antes de ser comprada pela Lockheed, um dos grandes projetos militares recentes da Sikorsky era o de projetar o novo helicóptero para transportar nada menos que o Senhor Presidente dos Estados Unidos. Fora os Black Hawk. Coisa pouca, né?

Fonte: Reuters.

relacionados


Comentários